Amigos desde muito antes da F1, Ocon conta que deu ‘primeira chance’ de Gasly no automobilismo

Esteban Ocon e Pierre Gasly são amigos desde crianças. E foi exatamente assim, enquanto Gasly ainda era uma criança que gostava mais de futebol, foi um convite do pai de Ocon para brincar no kart de Esteban que despertou uma nova paixão

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

O GP da Malásia do fim de semana irá marcar a estreia de Pierre Gasly como piloto da F1. O campeão da GP2 em 2016 foi promovido a um lugar na Toro Rosso no começo desta semana e assume o assento que até Singapura era de Daniil Kvyat. Apesar das conexões com a Red Bull e da oportunidade pela Toro Rosso, no entanto, o piloto da F1 que mais tem a ver com a carreira de Gasly é outro: Esteban Ocon.

 
Ambos franceses e da geração 1996, Ocon e Gasly se conhecem desde os primeiros anos de vida. Com pais e mães amigos entre si, Pierre e Esteban brincavam um dia de encontro dos pais quando um convite mudou todo o futuro de Gasly e o fez deixar o futebol de lado pelo automobilismo. Foi essa a história contada por Ocon.
 
"Quando ele era muito jovem, talvez sete ou oito anos, meus pais eram amigos dos pais dele [Gasly]", disse Esteban já em Sepang. "Eu estava guiando um kart um dia e ele estava jogando futebol. Meu pai viu e falou 'Você não quer andar no kart do Esteban?'. Depois disso ele abandonou o futebol", brincou. "Desde o começo da nossa carreira nós nos conhecemos bem, basicamente", contou.
 
O próprio Ocon viveu o momento pelo qual Gasly passa agora: estrear na F1 no meio da temporada. Segundo o piloto da Force India, a sorte do velho amigo é que o debute será numa pista que diminui a desvantagem pela falta de experiência. 
Pierre Gasly (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)
"É difícil, definitivamente. Mas é pior quando estreamos em Singapura ou pistas assim, aqui não é tão ruim. Tem lugar onde você pode ser rápido, mas tem outros em que a falta de experiência pode te fazer sofrer. Esse é o meu ponto de vista", encerrou.
GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades da F1 na Malásia AO VIVO e em TEMPO REAL, com livetiming e gráfico interativo.

TORO ROSSO DEMOROU DEMAIS

REBAIXAMENTO SEGUIDO DE AFASTAMENTO DE KVYAT É TUDO, MENOS INJUSTO  

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube