“Amor e desafio são motivação”: Hamilton nega disputar F1 por dinheiro

Lewis Hamilton segue com a mesma fome de vitórias de seu início na Fórmula 1. Mas diferente do que podem pensar, o inglês descartou o dinheiro como maior motivação, indicando o amor pelo esporte como o fator mais importante

Um piloto de Fórmula 1 pode ganhar muito dinheiro, mas não é isso o que move Lewis Hamilton. O hexacampeão da Mercedes indicou que o verdadeiro motivo de correr é sua paixão pelo automobilismo e por grandes desafios.
 
O inglês fez sua estreia na maior das categorias em 2007. 12 anos depois, já tem seis títulos e, até o momento, alcançou 83 vitórias e subiu 150 vezes no pódio, além de ser o recordista de poles. Até por isso, a fome de vitórias segue intacta. 
 
Diferente do que muitos pensam, o dinheiro não é o principal fator para o hexacampeão, mas, sim, sua paixão pelo esporte. “O ponto é que nunca estive nisso por dinheiro. Claro que é bom, sem problemas, é um bônus”, disse em entrevista a ‘BBC’.
Lewis Hamilton (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)

“Mas isso não pode se tornar o principal fator de querer fazer isso. O que me empurra é que amo correr. Amo o desafio”, continuou.
 

“Amo chegar sabendo que tenho esses jovens muito talentosos tentando me superar, me bater, e adoro que essa briga que entro todo ano. E estou trabalhando com esses caras [engenheiros da Mercedes] que são muito mais inteligentes do que eu e eles me fazem me sentir mais esperto”, seguiu o britânico.
 
“Quando estou os desafiando e provando que estão errados tantas vezes é surreal. Acontece muito. Digo algo para Shov e ele rebate ‘não, os números dizem isso’, e então eu digo ‘é assim, assim e assim’. Então ele diz ‘é, você está certo’. É legal. Tem muito disso”, concluiu.
 

Paddockast #42
QUEM É VOCÊ NO GP DO BRASIL?

Ouça:

Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube