F1

Andretti questiona momento de chegada de Leclerc à Ferrari: “Ter dois pilotos nº1 nunca funciona”

Charles Leclerc vai fazer sua estreia na Ferrari em 2019. Comentando sobre o monegasco, Mario Andretti ressaltou o talento do jovem piloto, mas questionou se chegou no momento certo na equipe italiana

Warm Up / Redação GP, de São Paulo
Charles Leclerc pode ter subido cedo para a Ferrari. Ao menos é o que acredita Mario Andretti, que comentou que apesar de jovem e talentoso, o time vai ter que lidar com dois pilotos disputando o posto de número 1.
 
Campeão de 1978, o norte-americano é um dos quatro pilotos que conseguiu a sua primeira vitória da Fórmula 1 pela escuderia italiana. Agora, o monegasco, que faz sua estreia em 2019, pode tentar entrar para o seleto clube.
 
Entretanto, Andretti reconheceu que pilotar no time de Maranello não vai ser tão fácil, afinal, vai contar com Sebastian Vettel como companheiro. “Leclerc parece que é muito bom e por ser jovem significa que tem um bom futuro adiante”, disse em entrevista ao ‘Sky Sports’.
Charles Leclerc (Foto: Ferrari)
“Foi ideia de Sergio Marchionne promovê-lo, mas não sei se é o momento certo para Leclerc. Com estes dois pilotos na equipe, deve haver um número 1 e um número 2, ter dois número 1 nunca funciona”, completou.
 
O ex-piloto também aproveitou para falar sobre o alemão, o colocando no mesmo patamar que Lewis Hamilton. “Vettel é o homem certo para a Ferrari. Lembro em seu primeiro ano com a Red Bull, perguntei suas ambições futuras e imediatamente me disse: ‘pilotar para a Ferrari’”, falou.
 
“É o piloto correto para este posto. Acredito que é difícil dizer quem é melhor entre Hamilton e Vettel, pois pilotam carros diferentes, mas ambos são bons. A dupla de Vettel e Leclerc parece adequada. A alternativa seria manter Kimi [Räikkönen], pois ele e Sebastian se dão muito bem, mas ele se vai”, encerrou.