Andretti questiona momento de chegada de Leclerc à Ferrari: “Ter dois pilotos nº1 nunca funciona”

Charles Leclerc vai fazer sua estreia na Ferrari em 2019. Comentando sobre o monegasco, Mario Andretti ressaltou o talento do jovem piloto, mas questionou se chegou no momento certo na equipe italiana

Charles Leclerc pode ter subido cedo para a Ferrari. Ao menos é o que acredita Mario Andretti, que comentou que apesar de jovem e talentoso, o time vai ter que lidar com dois pilotos disputando o posto de número 1.
 

Campeão de 1978, o norte-americano é um dos quatro pilotos que conseguiu a sua primeira vitória da Fórmula 1 pela escuderia italiana. Agora, o monegasco, que faz sua estreia em 2019, pode tentar entrar para o seleto clube.
 
Entretanto, Andretti reconheceu que pilotar no time de Maranello não vai ser tão fácil, afinal, vai contar com Sebastian Vettel como companheiro. “Leclerc parece que é muito bom e por ser jovem significa que tem um bom futuro adiante”, disse em entrevista ao ‘Sky Sports’.
Charles Leclerc (Foto: Ferrari)

“Foi ideia de Sergio Marchionne promovê-lo, mas não sei se é o momento certo para Leclerc. Com estes dois pilotos na equipe, deve haver um número 1 e um número 2, ter dois número 1 nunca funciona”, completou.
 

O ex-piloto também aproveitou para falar sobre o alemão, o colocando no mesmo patamar que Lewis Hamilton. “Vettel é o homem certo para a Ferrari. Lembro em seu primeiro ano com a Red Bull, perguntei suas ambições futuras e imediatamente me disse: ‘pilotar para a Ferrari’”, falou.
 
“É o piloto correto para este posto. Acredito que é difícil dizer quem é melhor entre Hamilton e Vettel, pois pilotam carros diferentes, mas ambos são bons. A dupla de Vettel e Leclerc parece adequada. A alternativa seria manter Kimi [Räikkönen], pois ele e Sebastian se dão muito bem, mas ele se vai”, encerrou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube