Animado com vitória na Bélgica, Button diz que “ainda há pequena chance de lutar pelo título”

Jenson Button venceu de ponta a ponta em Spa-Francorchamps, neste domingo (2). Apesar de ter tirado 25 pontos da diferença que o separa de Fernando Alonso, o britânico disse que vai a Monza, no próximo fim de semana, pensando em somar pontos, não no campeonato

Jenson Button foi o grande nome do fim de semana do GP da Bélgica, realizado neste domingo (2), em Spa-Francorchamps. O britânico sobrou na classificação, garantiu fácil a pole-position e pintou como favorito à vitória. E o campeão do mundo em 2009 provou a força da McLaren e não deu chances a ninguém, mesmo adotando tática de apenas um pit-stop, enquanto quase todos os outros pilotos do grid — com exceção de Sebastian Vettel — optou por duas ou três paradas.

Button coroou um fim de semana perfeito. Mais do que isso, o GP da Bélgica representa a reação do britânico, que, com exceção da vitória na Austrália, teve apenas dois bons resultados, os segundos lugares nos GPs da China e da Alemanha, antes de comemorar o êxito em Spa-Francorchamps, neste domingo. Com o resultado, Jenson tem agora 101 pontos, 63 atrás do líder, Fernando Alonso, que não completou a corrida hoje.

Button consolida reação no Mundial com vitória em Spa-Francorchamps neste domingo (Foto: McLaren)

Animado com a boa performance da McLaren em Spa-Francorchamps, Button entende que ainda tem uma chance, pequena, de lutar pelo bicampeonato. No entanto, o piloto não quer pensar no título, mas sim em conquistar o máximo de pontos possíveis corrida após corrida, para chegar no fim da temporada em condições de lutar com favoritos como Alonso e Vettel.

“Este é um grande fim de semana para a equipe, e para mim também”, disse o britânico na entrevista coletiva com os três melhores posicionados do GP da Bélgica, minutos depois do fim da corrida. “É bom marcar 25 pontos, e se nós pudermos seguir lutando por vitórias dessa forma, ainda há uma pequena chance de lutar pelo campeonato”, salientou.

“Mas, indo para Monza, não vou pensar no campeonato. Vamos para lá para fazer o melhor trabalho possível e trazer o máximo de pontos possíveis para casa. Como disse antes, há uma distância enorme para vencer o título, mas hoje provou que você pode recuperar 25 pontos muito rapidamente”, ponderou Button.

Assim como Vettel, o piloto da McLaren também demonstrou surpresa com o bom rendimento do MP4-27 com apenas uma parada para troca de pneus.

“Não tínhamos certeza do que fazer com a estratégia, poderia ser uma ou duas, ou três. Quando Nico Hülkenberg foi para o segundo pit-stop, isso me ajudou um pouco. Senti o carro bem e não forcei muito, mas, naquele ponto, ainda não acreditava que faria uma parada”, disse. “E então, na 12ª volta, os pneus começaram a render. O carro foi muito consistente; pude guiar e pude controlar o desgaste dos pneus. É uma baita sensação estar bem longe de todos, exceto Sebastian”, vibrou Button.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube