F1

Apesar de relação “divertida e agradável”, Verstappen garante: não vai sentir falta de Ricciardo em 2019

Max Verstappen e Daniel Ricciardo tiveram uma boa relação durante dois anos e meio em que foram parceiros de Red Bull. Mas Verstappen não vai sentir saudades do agora ex-companheiro. Pelo contrário, acha que é Ricciardo quem vai sentir falta da Red Bull

Warm Up / Redação GP, do Rio de Janeiro
Durante os dois anos e meio desde que subiu da Toro Rosso para a Red Bull, Max Verstappen teve apenas um companheiro de equipe: Daniel Ricciardo. A relação dos dois, ao menos publicamente, sempre foi ao menos amistosa. Mas o piloto holandês garante que não vai sentir falta do australiano, que tem contrato assinado para ser piloto da Renault a partir de 2019.
 
Em entrevista concedida ao jornal holandês 'AD', Verstappen foi questionado sobre o assunto. Segundo ele, a relação foi boa mesmo, mas não o suficiente para causar saudades. Quem vai sentir falta é Ricciardo, segundo ele.
Max Verstappen e Daniel Ricciardo em Abu Dhabi 2018 (Foto: Red Bull Content Pool)
"Eu não vou sentir falta pessoalmente", afirmou. "Foi divertido e agradável tê-lo como companheiro de equipe. Não é sempre que você tem uma relação tão boa com alguém. Talvez nunca mais aconteça, mesmo", avaliou.
 
"Mas sentir falta dele? Eu acho que é Daniel quem vai sentir falta do que nós tínhamos aqui", complementou. 
 
Na Red Bull, Verstappen terá Pierre Gasly como companheiro, ao passo que Ricciardo vai encontrar Nico Hülkenberg na Renault em 2019.