F1

Após dia de melhor resultado em Barcelona, Hamilton afirma que “ainda há muito no que trabalhar”

Enfim a Mercedes se colocou na parte da frente da tabela de resultados nos testes em Barcelona: Lewis Hamilton foi segundo, enquanto Valtteri Bottas foi terceiro nesta sexta-feira (1), no encerramento da pré-temporada. E o que isso significa? “Que ainda há trabalho a ser feito”

Grande Prêmio, de Barcelona / Redação GP, de São Paulo
Após quase duas semanas sem apresentar resultados comparáveis com os da Ferrari, a Mercedes colocou Lewis Hamilton a 0s003 de Sebastian Vettel, líder do dia, nesta sexta-feira (1), encerramento da pré-temporada da F1 em Barcelona. Valtteri Bottas também foi bem, aparecendo logo atrás do companheiro, a 0s340 do alemão.

E o que significam esses resultados, enfim, positivos? "Que ainda há muito no que trabalhar", segundo Hamilton. Foi o que ele afirmou ao fim da última sessão de testes.

"Os últimos dias foram muito positivos. Sinto que as mudanças que fizemos nos ajudaram a progredir e nos deram uma clara noção de quando estávamos indo para a direção certa ou errada. Hoje, foi bom sentir como o carro anda com pouco combustível, entendi o carro um pouco melhor", comentou.

"Eu realmente gostei do dia e também pude sentir os pneus. Todos sabem que não sou um grande fã de testes, mas foi uma semana positiva. Mesmo assim há muito no que trabalhar ainda e não estamos prontos, há muitas áreas em que devemos trabalhar para seguirmos na direção certa", completou Hamilton.
Lewis Hamilton (Foto: AFP)
Bottas também vê a Mercedes melhor do que na chegada a Barcelona, mas ainda com pontos a evoluir antes da ida a Melbourne, palco da abertura do Mundial.

"Aprendemos que o campeonato será muito, muito duro neste ano, mas estamos ansiosos por isso", disse o finlandês.

"Precisamos continuar a tentar encontrar mais desempenho se queremos ser competitivos na Austrália. Mas temos uma equipe forte que fez bom progressos nos últimos dias. Temos mais alguns dias de trabalho no carro, então daremos nosso máximo", finalizou Bottas.