Após dúvida, Mario Andretti celebra volta da F1 aos EUA: “Fiquei impressionado com o trabalho”

Ex-campeão da categoria, ele chegou a duvidar da realização da prova e da construção do circuito de Austin, no Texas, que vai receber a F1 nesta semana e marca o retorno dos Estados Unidos ao calendário após cinco anos

Campeão da F1 em 1978, Mario Andretti chegou a duvidar da realização do GP dos Estados Unidos, que acontece nesta semana. O ex-piloto chegou a questionar a construção do circuito de Austin, no Texas, que vai receber a prova, mas, depois de ver as obras, ele acredita que está tudo vai correr da melhor forma possível em terras americanas.

“Quando vi o lugar em junho, eu tive minhas dúvidas e nunca acreditei que fosse à frente. Mas fiquei impressionado com o trabalho feito desde então. Eles tiveram algumas dificuldades, porque o projeto parou em mãos diferentes, mas havia uma paixão e uma vontade para fazer o milagre de estar tudo pronto”, disse Andretti ao jornal ‘Observer’.

Andretti espera que Austin seja a casa do GP dos Estados Unidos por muito tempo (Foto: Lotus/LAT)

“E agora essa pode ser a casa fixa do GP dos Estados Unidos. E eu acho que o evento não vai apenar se realizar, mas prosperar no futuro. É uma cidade muito acolhedora e eu acho que a pista tem um pouco de Silverstone aqui, um pouco Hockenheim lá. Vai ser ótimo ver os pilotos lá”, completou.

Falando das vezes que o país tentou voltar à F1, mas sem sucesso, ele apontou para os erros cometidos no passado, que acabaram minando as chances de um GP por alguns anos.

“Nós tentamos Long Beach, Detroit, Dallas, Phoenix e Indianapolis. Parecia que Watkins Glen seria nossa verdadeira casa e ficamos por lá 19 anos e foi extremamente bem sucedido, mas não investimos ou fizemos mudanças, o que foi nosso grande erro”, explicou.

Mesmo com o GP das Américas adiado para 2014, Andretti se mostra empolgado com a realização da prova nas ruas de Nova Jersey. “Você pode imaginar Nova York como pano de fundo?”, questionou. “Vai ser fantástico. Mas, no momento, estou pensando apenas em Austin”, finalizou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube