F1

Após lançamento de série na Netflix, F1 trabalha para ter Mercedes e Ferrari na segunda temporada

Durante o lançamento oficial de 'Drive to Survive', Ross Brawn comentou que as principais equipes da Fórmula 1 na atualidade devem aparecer na segunda temporada de série documental. O dirigente também falou sobre a importância das equipes fora das pistas
Grande Prêmio / Redação GP, de Campinas
Após a Netflix lançar a primeira temporada da série documental 'Formula 1: Drive to Survive' nesta sexta-feira (8), a categoria já tem planos e quer a inclusão de duas equipes na sequência da produção, em 2020. A intenção é que a segunda temporada tenha a participação de Mercedes e Ferrari, escuderias campeã e vice do Mundial de Construtores em 2018 respectivamente, e que não entraram em acordo para as filmagens da primeira parte, já que se recusaram a abrir completamente as portas de suas garagens, como fizeram os outros times.

Diretor esportivo da Fórmula 1, Ross Brawn comentou sobre a importância da chegada das duas equipes no projeto, e de como isso pode contribuir para o crescimento da categoria. "Eu acho que o esporte pode crescer, e crescerá se todos os times participarem deste processo, não tenho dúvidas disso", disse o britânico, presente ao evento oficial de lançamento da série.
Ferrari e Mercedes ficaram fora da primeira temporada da série da F1 na Netflix (Foto: Ferrari)
Outro ponto abordado por Ross no evento foi o aprendizado que as equipes da F1 em relação à influência fora das pistas. Segundo o diretor-esportivo, um consenso entre todas as equipes pode demorar, mas eventualmente chegará.

"Eu acho que as equipes estão começando a reconhecer que o envolvimento delas não é só na pista. Existe envolvimento em todos os lugares pra melhorar o esporte", citou Ross. "Talvez nem todos os times cheguem a esta conclusão ao mesmo tempo, mas eles estão se aproximando. Creio que veremos mais um passo pra frente em 2019", concluiu.

A série 'Drive to Survive' está disponível na plataforma de streaming Netflix e a primeira temporada consiste em dez episódios. Apesar de ainda não ter um acordo oficial com Mercedes e Ferrari, a produtora Box to Box já realizou filmagens na pré-temporada, sediada em Barcelona, e estará presente no GP da Austrália, que acontece no próximo dia 17 e marca a abertura da temporada.