Após nova vitória de Vettel, presidente da Ferrari elogia carro competitivo e pede foco na busca do título

Sergio Marchionne, presidente da Ferrari, ficou bastante satisfeito com a segunda vitória da escuderia na temporada. Mais do que isso, comemorou o fato de o time ter um carro competitivo para brigar pelo campeonato

Depois da segunda vitória da Ferrari em três corridas na temporada, o presidente da Ferrari, Sergio Marchionne, acredita que a escuderia sediada em Maranello está de volta à disputa constante pelas vitórias. E que o triunfo de Sebastian Vettel na Austrália, na etapa de abertura do campeonato, não foi mero acaso. 
 
Marchionne comemorou o fato de o time ter acertado a mão no carro de 2017 e elogiou o trabalho realizado pelos engenheiros e mecânicos da esquadra italiana. E pediu foco no que considera o grande objetivo para o ano: conquistar o título mundial, algo que não acontece há 10 anos. 
Sebastian Vettel comemora vitória no Bahrein (Foto: Divulgação)
"É extremamente gratificante estar de volta ao topo do pódio com Seb. Mais importante, no entanto, é que agora estamos completamente confiantes de que a nossa vitória em Melbourne não foi isolada e que estaremos na vanguarda deste campeonato", falou Marchionne após a vitória de Vettel. 
 
"Finalmente temos um carro competitivo e é importante reconhecer a velocidade com que implementamos os desenvolvimentos exigidos para cada nova corrida. Tudo isso é fruto de um excelente trabalho na pista e em Maranello, então meus cumprimentos não só para Seb por suas realizações no Bahrein, mas também para toda a equipe. Parabéns a Kimi também pela boa corrida", acrescentou. 
 
Ciente de que ainda é só o começo da temporada, o presidente da Ferrari pediu concentração total para a continuidade do campeonato e pelas novas batalhas que virão pela frente.
 
"Estamos bem conscientes de que temos um longo caminho pela frente e sabemos que, se quisermos chegar à linha de chegada mais importante de todas, não podemos deixar de lado nosso compromisso e foco por um segundo", finalizou.
 
A próxima etapa do Mundial de F1 será o GP da Rússia, que acontece no dia 30 de abril.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube