Após pit-stop desastroso e falhas, Giovinazzi desabafa: “Foi um GP de merda”

Depois de problemas que tomaram mais de 30s na corrida, Antonio Giovinazzi vê oportunidade perdida e não tem papas na língua para definir seu GP da Espanha

Hamilton pega Verstappen na tática e vence: assista aos melhores momentos do GP da Espanha (GRANDE PRÊMIO com Reuters)

O fim de semana de Antonio Giovinazzi se resumiu a um GP da Espanha de pouca sorte. O italiano, que largou na 14ª posição em Barcelona, encontrou uma oportunidade para tentar ganhar alguma vantagem ainda no início da prova: quando o safety-car entrou na pista, o piloto foi para os boxes para fazer uma rápida troca de pneus, mas o que nem ele e nem a equipe esperavam era que um furo no pneu dianteiro esquerdo, descoberto logo após o carro chegar ao pit, faria os mecânicos voltarem às pressas para trocá-lo – e tomarem um longo tempo para isso.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Para piorar a situação, Giovinazzi não conseguiu voltar ao grupo principal do pelotão quando a corrida reiniciou por um erro em seu painel, somando mais de 30s de atraso com os dois problemas. Resultado: 15º lugar para o piloto da Alfa Romeo.

“Meu volante não estava funcionando atrás do safety-car”, explicou Antonio. “Então, quando comecei depois da bandeira verde, estava 10s atrás. Foi apenas uma corrida de merda do início ao fim.”

Por problemas no GP de Espanha, Antonio Giovinazzi perdeu a chance de marcar os primeiros pontos da Alfa Romeo na temporada de 2021 (Foto: Alfa Romeo)

O chefe de equipe da Alfa Romeo, Xevi Pujolar, revelou após a corrida o que ocorreu com o carro #99: “Foi um problema operacional, pois a válvula foi danificada e não havia como resolver naquele momento. Não havia caminho de volta.”

“Temos um sistema de monitoramento e eles viram que estava tudo bem quando a corrida começou, mas em algum momento na garagem deu errado, e isso veio algumas voltas antes do pit stop”, acrescentou.

O furo comprometeu a estratégia de Giovinazzi, levando a equipe a colocar um jogo de pneus macios usados ​​em seu último pit-stop. Isto e o tempo perdido atrás do safety-car custaram ao piloto a chance de marcar os primeiros pontos da Alfa Romeo na temporada, acredita Pujolar.

“Acho que teríamos lutado por pontos, porque Antonio estaria em boa posição no que podíamos fazer com os pneus. Mas é o que é. Sabemos o que deu errado e será resolvido para a próxima corrida”, concluiu.

Vale lembrar que esta não é a primeira vez que Giovinazzi deu azar em 2021: ele perdeu sete segundos com um lento pit-stop no GP do Bahrein e foi forçado a fazer uma parada extra no GP da Emília-Romanha, em Ímola, para limpar destroços de seus radiadores.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar