Após punição a Hamilton, Sainz e McLaren fazem festa própria no pódio em Interlagos

Carlos Sainz e a McLaren só souberam que ficaram oficialmente em terceiro lugar no GP Brasil após punição a Lewis Hamilton, cerca de duas horas após o final da prova. E já que perderam o pódio oficial, foram lá fazer sua própria festa depois

Mais um pódio divertido e curioso para a história de Interlagos: no mesmo palco, por exemplo, da desfalcada premiação de 2003, Carlos Sainz e a McLaren protagonizaram uma diferente festa neste domingo (17).

Como a confirmação do terceiro lugar só veio cerca de duas horas depois do fim da prova, com a punição a Lewis Hamilton (o terceiro na pista) por incidente com Alexander Albon, Sainz e sua equipe perderam o pódio oficial. Mas não a chance de festejar.

Carlos Sainz festeja o 3° lugar em Interlagos (Foto: McLaren)

Depois de receber o troféu e a chamanhe, Sainz levou toda sua comitiva para o pódio do autódromo paulistano e fez a festa mesmo sem Max Verstappen e Pierre Gasly, o top-2 do GP.

Afinal, foi o primeiro pódio de Sainz na carreira na F1, e o primeiro da McLaren desde o GP da Austrália de 2014, com Jenson Button e Kevin Magnussen. A festa, aliás, teve direito a Lando Norris, companheiro de Sainz, segurando o champanhe:

"Um pouco esranho subir ao pódio tão depois da corrida, mas incrivelmente feliz. A crrida de hoje foi simplesmente fantástica. A estratégia de uma parada era difícil, mas valeu a pena. Felicidades a toda equipe", escreveu em seu Twitter Sainz após a festa.

GRANDE PRÊMIO cobre in loco o GP do Brasil com os jornalistas Evelyn Guimarães, Felipe Noronha, Fernando Silva, Flavio Gomes, Gabriel Carvalho, Gabriel Curty e Pedro Henrique Marum, e o fotógrafo Rodrigo Berton. Acompanhe todo o noticiário aqui e tudo dos bastidores e das atividades em pista AO VIVO e em TEMPO REAL.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube