Após sexta-feira promissora, dupla da Red Bull mostra frustração com grid de Baku. Mas concordam: evolução é clara

Depois de liderar os dois treinos livres da sexta-feira com Max Verstappen e ter Daniel Ricciardo em segundo e terceiro, a Red Bull esperava 'furar' Ferrari e Mercedes. Não rolou e ainda teve acidente no treino de classificação. A frustração, porém, não mascara uma obviedade vista em Baku: a equipe austríaca evoluiu

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

O momento mais fora do prumo do treino de classificação deste sábado (24), que definiu o grid de largada para o GP do Azerbaijão de amanhã foi a batida de Daniel Ricciardo no Q3. O acidente acabou fazendo com que o australiano ficasse apenas com a décima colocação. O companheiro, Max Verstappen, vai largar no quinto posto – apesar de bem próximo das duas Ferrari. Num fim de semana que começou com grandes esperanças, o dia não foi muito passível de comemoração.

 
De bom humor mesmo depois de bater, Ricciardo explicou a saída de traseira que o fez perder o carro e provocou a batida. Segundo ele, esse erro também foi acompanhado da pouca aderência da pista.
 
"É frustrante bater, mas no Q3 você dá tudo para tirar o máximo do carro. Eu sabia que a curva seis era onde eu podia ir melhor. Estava tentando aumentar a velocidade, mas perdi a traseira e acertei o muro", explicou. "O muro meio que muda a direção de volta para a pista, então eu bati. Claro que a culpa não é do muro, não estou culpando o muro! Há mais uma razão: eu estava no limite da aderência. Claro que não estou feliz com o erro, mas é uma dessas pistas. Pistas de rua são assim, por isso eu gosto delas", afirmou.
 
"Achei que podia lutar na frente, mas a Mercedes foi rápida demais, mas a Ferrari não estava muito longe. Max e eu estamos felizes com o equilíbrio dos carros e com a resposta. Progredimos. Não estou sem esperanças para amanhã", encerrou.
Daniel Ricciardo (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)
Verstappen, em quinto, não escondeu que esperava mais. E embora o fato de não ter batido Ferrari ou Mercedes seja um incômodo, é positivo que as mudanças do motor Renault façam a Red Bull sonhar mais alto. 
 
"Não é muito legal ser quinto colocado. Claro que o problema no Q3 não foi ideal, mas tive problemas no Q2 com o limitador. No Q3 na minha volta final, quando é a hora da verdade, eu tinha 0s2 mais rápido mas tive um problema com a sincronia do câmbio. Nas retas eu perdia tempo demais. Isso foi machucou. Precisamos entender o que acontecer, porque não pode se repetir", falou. 
 
"Você pode ver que há mais potência, isso é bom, mas ainda queremos mais. Estou desapontado porque poderia ter sido terceiro, então é óbvio que evoluímos", seguiu.

A largada do GP do Azerbaijão está marcada para as 10h (de Brasília) do domingo. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e EM TEMPO REAL.

NOVA DERROTA EM 2017 MOSTRA QUE TOYOTA E LE MANS SÃO COMO ‘ÁGUA E ÓLEO’

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:

0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe,
.embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;

top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube