Após xingar Pérez, Leclerc ameniza tom e minimiza incidentes: “Sem ressentimentos”

Charles Leclerc deixou os xingamentos para trás e admitiu que não está ressentido com Sergio Pérez após mexicano tê-lo tirado da pista em duas oportunidades no GP da Áustria

Verstappen aplica novo domínio e vence: os melhores momentos do GP da Áustria (GRANDE PRÊMIO com Reuters)

Passado o GP da Áustria, realizado no último domingo (4), Charles Leclerc trouxe à tona em que pé a relação entre ele e Sergio Pérez anda depois que o piloto da Red Bull, em disputa por posição, o jogou para a brita em duas oportunidades. Irritadíssimo depois da corrida, o monegasco disparou contra ‘Checo’ e até o xingou de “cuzão“.

“Isso foi uma piada. 10s de punição, uma piada. Que cuzão. Ele fodeu minha corrida”, disparou o piloto da Ferrari após a prova no Red Bull Ring.

Depois, com a cabeça mais fria, Leclerc mudou o tom de declarações anteriores e desta vez afirmou que não existe nenhuma mágoa em relação ao mexicano.

“Já nos falamos sobre isso. Está tudo certo, não ficou nenhum ressentimento por conta disso. Obviamente, dentro do carro foi muito frustrante, porque vi a oportunidade [de ultrapassar] duas vezes. Não existem muitas oportunidades, mas arrisquei e não deu certo, pois não tinha espaço na saída [da curva]. É parte do jogo, eu acho”, comentou.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

SERGIO PÉREZ; CHARLES LECLERC; PUNIÇÃO
Leclerc amenizou o tom depois de xingar Pérez após incidentes na Áustria (Foto: F1/Twitter)

No papel de ‘carrasco’ de Leclerc em duas oportunidades no GP da Áustria, Pérez, em entrevista coletiva após a prova, tentou se justificar e logo se desculpou com o piloto monegasco.

O dono do carro #11 assumiu a culpa e reconheceu que atrapalhou os planos de Leclerc na corrida. Como resultado dos incidentes, ‘Checo’ foi punido em 10s pela direção de prova, cenário que o levou a perder o quinto lugar na prova para Carlos Sainz, além de ter recebido 4 pontos na carteira de punições.

“Eu sinto muito porque não é como gosto de correr. Não sou o tipo de piloto que pilota daquela maneira. Estávamos com turbulência, pneus desgastados, freios superaquecidos e tentando frear o mais tarde possível. Não vi os incidentes, mas sinto muito se afetei a corrida dele. Charles é um competidor que disputa de maneira agressiva, mas sempre no limite. Sou igual, mas não estou feliz comigo mesmo”, assumiu.

A décima etapa da temporada 2021 da Fórmula 1 acontece daqui a duas semanas: o GP da Inglaterra, no ‘templo’ de Silverstone, vai receber a histórica primeira corrida de classificação da categoria no fim de semana entre 16 e 18 de julho.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar