Associação alemã defende família Schumacher e pede que imprensa se “comporte com correção”

A Associação de Imprensa da Alemanha (DJV) reforçou o pedido da família de Michael Schumacher e solicitou que os jornalistas se “comportem com correção”

Acompanhe o noticiário completo sobre o acidente de Michael Schumacher

A Associação de Imprensa da Alemanha (DJV) saiu em defesa da família de Michael Schumacher nesta terça-feira (7). Depois dos reiterados pedidos dos familiares do ex-piloto para que sua privacidade seja respeitada, a associação solicitou que os jornalistas se comportem com “correção”.
 
Schumacher está internado no Centro Hospitalar Universitário de Grénoble, na França, deste o último dia 29, quando sofreu uma forte queda na estação de esqui de Méribel. O germânico de 45 anos teve um forte golpe na cabeça ao colidir com uma pedra e já precisou passar por duas cirurgias. No momento, o quadro do ex-piloto é considerado estável, porém crítico
Corinna Schumacher pediu que imprensa deixe o hospital em Grénoble (Foto: Reuters)
 
Em um comunicado divulgado pela Associação de Imprensa da Alemanha, Michael Konken, presidente da entidade, lembra que o código de ética do Conselho de Imprensa alemão impõe “respeito à dor das vítimas e aos sentimentos de seus familiares”, uma premissa que deve ser observada também “quando a vítima é um personagem público”. 
 
Ainda nos primeiros dias da internação de Schumacher, um jornalista vestido de padre tentou entrar na sala de cirurgia onde Michael era operado. O suposto padre foi barrado pela segurança e expulso do hospital. 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube