Aston Martin deu as caras em Ímola, mas dá para ter alguma expectativa?

Dá pra ter alguma empolgação ou expectativa com a Aston Martin depois de Ímola? Ana Paula Cerveira discute o tema no vídeo de hoje

A Aston Martin finalmente marcou seus primeiros pontos em 2022 no GP da Emília-Romanha: Sebastian Vettel terminou em oitavo lugar, enquanto Lance Stroll ficou em décimo. Mike Krack, chefe da equipe, garantiu que o desempenho é um passo dado à frente, já que os carros verdes sofreram muito no início do ano. Mas ele freou qualquer empolgação.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

“Seria tolo dizer que as melhorias virão na corrida X ou Y, porque mesmo que você traga novas partes, sempre vai precisar entendê-las e entender o trabalho em cima delas. Digamos, por exemplo, que trazemos um grande pacote para Miami e sabemos que está chovendo ou o que quer que seja e não fazemos funcionar. Você, então, cria muitas expectativas e todos vão considerar que você falhou”, disse ele.

No vídeo desta sexta-feira (6), Ana Paula Cerveira aborda o assunto. Afinal, dá pra ter alguma empolgação ou expectativa com a Aston Martin, vide os muitos problemas que ela já apresentou?

Assista ao vídeo!

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar