Atrás de Stroll, Norris reclama de regra que permite troca de pneu em bandeira vermelha

Lando Norris vê injustiça na regra que deixou Lance Stroll trocar pneus sem precisar de pit no GP da Itália. Foi assim que o canadense disparou para terceiro e tirou o britânico do pódio

Antes da bandeira vermelha que mudou tudo no GP da Itália deste domingo (6), Lando Norris estava em terceiro e com boas chances de voltar ao pódio. Depois, viu-se atrás de um Lance Stroll que aproveitou uma brecha do regulamento para trocar pneus na paralisação e evitar um pit-stop tradicional. Quarto em Monza e sem direito a um banho de champanhe, Norris sente que a regra é injusta.

Aos olhos do britânico, o correto seria manter a obrigação de um pit-stop, mesmo trocando os pneus sob bandeira vermelha. O piloto aceita ser superado na estratégia por Gasly, que parou antes de todo mundo e acabou vencendo, mas não por Stroll e a brecha do regulamento.

“Fora o Stroll, ninguém gosta dessa regra”, disse Norris após a corrida. “Quero 100% [que essa regra acabe]. Você ganha e perde em algumas ocasiões, como com o Gasly parando mais cedo e ficando em uma posição melhor. Você não pode fazer nada contra isso. Com o Stroll, acho que ele ainda deveria parar depois. Ele deveria ter azar ao invés de sorte. Você precisa fazer um pit-stop, e não só trocar pneus sem perder nada”, reclamou.

Lando Norris foi quarto em um GP da Itália louco (Foto: McLaren)

Gasly venceu após escapar das garras de Carlos Sainz Jr., segundo. Lance Stroll não teve ritmo para vencer, mas acabou em terceiro. A situação, entretanto, não irrita Norris.

“Poderia [ser um pódio], mas não acho que fizemos algo que nos tirou do pódio. Da nossa parte, fizemos a corrida perfeita com estratégia e tudo. Eu tive ritmo no começo para abrir vantagem contra o Sergio [Pérez], que vinha atrás. Eu fiquei muito feliz com o que eu fiz, com o que a equipe fez”, ponderou.

“Única coisa que nos prejudicou foi o Stroll fazendo um pit-stop de graça, sem a punição de perder tempo nos boxes. Foi só nisso que perdemos, foi só nisso que eles conseguiram o pódio. É uma pena porque poderia ser um pódio, poderiam ser dois pilotos da McLaren no pódio, mas não deu”, encerrou.

Mesmo sem pódio, Norris traz o segundo melhor resultado do ano. Com 57 pontos, mesmo número de Stroll e atrás apenas nos critérios de desempate, o britânico deixa Monza em quinto no Mundial de Pilotos.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube