Atrás só de Hamilton na sexta-feira em Melbourne, Verstappen pede “dois ou três GPs” antes de avaliar ordem de forças

Max Verstappen, pior apenas do que Lewis Hamilton nos treinos livres, não quer saber ainda de avaliar a situação das equipes da F1. O holandês, mesmo vendo a Mercedes favorita, pede mais tempo antes de apontar quem tem o melhor carro

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

A Red Bull de Max Verstappen não conseguiu superar a Mercedes de Lewis Hamilton na sexta-feira (23) de treinos livres em Melbourne, mas talvez seja cedo para cravar que uma equipe é melhor do que outra. Logo após terminar o TL2 em segundo, atrás somente de Hamilton, o holandês pediu tempo antes de cravar a ordem de forçar da F1 em 2018. 
 
“Precisamos esperar um pouco”, pediu Verstappen. “Este é um GP, mas acho que precisamos de pelo menos dois ou três para ver exatamente como as coisas estão. Mesmo depois disso, o que importa é o ritmo de desenvolvimento do carro”, destacou.
 
“Ainda acho que, no começo do ano, a Mercedes sempre vai ser favorita. Eles venceram quatro títulos seguidos. Você sabe que eles vão estar rápidos, mas ainda acho que nós podemos melhorar em algumas coisas. Estou otimista”, continuou.
Max Verstappen só não foi melhor que Lewis Hamilton (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

No TL1, Verstappen foi terceiro colocado – além de Hamilton, Valtteri Bottas também superou Max. No TL2, o rendimento do holandês melhorou: com a volta de 1min24s058, a diferença para Hamilton foi de 0s127.
 
Mesmo que a Red Bull esteja bem em condições normais, Verstappen gostaria de ver uma reviravolta no sábado. O piloto da Red Bull torce para que os 75% de chances de chuva no treino classificatório virem realidade.
 
“A chuva ajudaria, sim. As condições exigiram menos do motor sob chuva. Fica mais complicado para pisar fundo e tal, mas nosso carro é bom no molhado e eu curto. Espero que chova amanhã”, encerrou.
 

GRANDE PRÊMIO acompanha toda a ação do GP da Austrália de F1 AO VIVO e em TEMPO REAL.
 

"RECOMEÇA A BRIGA"

MERCEDES COMEÇA TEMPORADA AINDA À FRENTE DA FERRARI

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube