Ausência nos testes em Jerez não vai prejudicar adaptação de Maldonado, acredita Boullier

Mesmo com ausência da Lotus em Jerez, o chefe de equipe Éric Boullier acredita que Pastor Maldonado não terá sua adaptação prejudicada

Pastor Maldonado vai passar por um importante processo de transição. O venezuelano, ex-piloto da Williams, usará as cores da Lotus em 2014. Com a ausência da equipe britânica nos testes em Jerez, muito se questiona se Maldonado terá dificuldades para realizar tal transição. Para Éric Boullier, chefe de equipe, isso não vai ocorrer.

“Ele deve estar habilitado a guiar, afinal, já teve três anos de experiência na F1”, disse o francês para a ‘Autosport’.

Boullier ainda acredita que tal adaptação será necessária a todos e, guiar a Lotus ou a Williams, não faria diferença para Maldonado.

“Dirigir um carro em 2014 aqui ou na Williams, exigiria o mesmo processo de adaptação para ele”, argumentou Boullier.

O chefe de equipe acha que o entrosamento entre Maldonado e o time pode demorar, mas pensa que não seriam os dois dias em Jerez que mudariam este quadro.

“Pode levar um tempo para ele conseguir a perfeita comunicação com os engenheiros e o resto do time. Porém, não acredito que dois dias de treinos fariam alguma diferença”, disse.

Para Boullier, Maldonado não terá grandes problemas para se adaptar (Foto: Glenn Dunbar/LAT Photographic)

O homem forte da Lotus afirma que não terá problemas com o venezuelano, visto que já trabalharam juntos na DAMS, onde Boullier era chefe de equipe, em 2005.

“Conheço ele há muito tempo, trabalhei com ele na World Series”, contou Boullier.

Sobre o relacionamento de Pastor com o restante da equipe, o francês garantiu que vai caminhando bem, mas falta avaliar o trabalho nas pistas.

“Ele veio aqui, fez alguns exercícios e testou no simulador. Todos gostaram muito dele como pessoa, o veremos como piloto mais tarde”, disse.

Boullier concluiu mostrando confiança em Maldonado e dizendo acreditar em bons resultados vindos do piloto venezuelano.

“Ele venceu em Mônaco em várias categorias e ganhou uma prova na Espanha com seus méritos. Se ele mentalmente estiver bem, sendo rápido como é, sei que pode fazer um trabalho decente”, garantiu Boullier.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube