Austin anuncia venda de mais 20 mil ingressos para GP dos EUA de Fórmula 1 em 2021

O Circuito das Américas deve receber, em 2021, um público além do normal para o GP dos Estados Unidos de Fórmula 1. A organização decidiu vender mais 20 mil entradas para a etapa que retorna ao calendário após ausência em 2020

Verstappen domina e vence na casa da Red Bull: os melhores momentos do GP da Estíria (GRANDE PRÊMIO com Reuters)

Desde que estreou na categoria em 2012, o Circuito das Américas, em Austin, só ficou de fora do calendário da Fórmula 1 no ano passado, por conta da pandemia de Covid-19. Em 2021, com o avanço da vacinação nos Estados Unidos, a prova retorna ao campeonato e com a presença de público.

Com a volta de espectadores nas arquibancadas e com a expansão da F1 no país, os organizadores da etapa já cogitam a ampliação do número de entradas disponíveis para 2021.

“A venda de ingressos está incrível, estamos satisfeitos. Sabendo disso com antecedência, fomos capazes de acrescentar muitas coisas boas ao evento. Os próximos quatro meses para avaliar o orçamento estão aí para fazermos essa incrível experiência ainda mais legal”, disse Bobby Epstein, presidente do autódromo, ao site Autosport.

Lewis Hamilton foi o vencedor na última corrida disputada no COTA (Foto: Mercedes)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“Nós teremos uma capacidade máxima além da que normalmente estamos preparados. Porque temos tempo, vamos preparar uma estrutura e adicionar pontos sobre a pista, abrindo assim novas áreas do circuito que não eram utilizadas. Esperamos colocar mais ingressos para vender em um mês, isso deve permitir mais 20 mil pessoas”, completou.

A etapa em Austin será, pelo menos a princípio, a 18ª etapa do campeonato e está marcada para 24 de outubro. No entanto, caso a Fórmula 1 solicite, o COTA já se prontificou a receber outras duas corridas neste ano. A manifestação vem a reboque do cancelamento do GP de Singapura, que aconteceria em 3 de outubro, e a incerteza sobre o GP do Japão e do Brasil.

Até então, o início do mês de outubro deveria contar com duas corridas na Ásia, mas Singapura cancelou o evento, enquanto o GP do Japão segue na balança, com os organizadores prontos para uma decisão somente após os Jogos Olímpicos. O GP do Brasil está marcado para duas semanas após o GP dos EUA e, por conta do descontrole da pandemia no país, também é interrogação.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar