Avesso às redes sociais, Vettel justifica: “Não entendo por que você tem de dizer às pessoas o que faz”

Bastante reservado em sua vida particular, Sebastian Vettel não tem contas em redes sociais e lembrou que vem de uma “geração muito tímida, que não gostava de ficar tirando fotos ou vendo a si mesmos”. O tetracampeão disse que aprecia mais um aperto de mão do que uma selfie com um fã

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

A Ferrari é a mais tradicional e também mais midiática equipe do Mundial de F1. Com milhões de seguidores ao redor do mundo, a escuderia de Maranello desperta paixões por onde passa e, obviamente, é uma das marcas mais sólidas do esporte a motor também nas redes sociais. No entanto, até de forma curiosa, o time conta com dois pilotos que são completamente avessos ao mundo digital: Kimi Räikkönen e Sebastian Vettel.

 
Assim como o ‘Homem de Gelo’, Vettel não tem contas no Twitter, Instagram ou Facebook, para falar sobre as redes sociais mais populares. Mas o tetracampeão garante que não sente falta, embora não critique quem compartilhe a sua vida para o mundo.
 
“Simplesmente não entendo por que você tem que ficar dizendo constantemente às pessoas o que você faz ou com quem você está. Sinceramente, não tenho essa necessidade, mas, ao mesmo tempo, não culpo as pessoas que constantemente falam de si mesmos”, afirmou o piloto em entrevista à emissora alemã RTL.
Sebastian Vettel contou que prefere mais um aperto de mão do que uma selfie (Foto: Ferrari)
Vettel tem um estilo de vida totalmente distinto em relação a Lewis Hamilton, seu grande rival na luta pelo título em 2017. Enquanto o britânico é o homem mais midiático da F1 e hoje habitué do mundo do showbiz, Seb prefere morar em uma casa na fazenda e manter sua vida privada quase que no anonimato. A ponto de praticamente não aparecer em público com sua esposa, Hanna Prater, e das suas duas filhas.
 
“Acho que cresci em uma geração muito tímida, que não gostava de ficar tirando fotos ou vendo a si mesmos”, justifica o tetracampeão.
 
Seb não entende muito a chamada ‘geração selfie’ e disse que valoriza muito mais um aperto de mão e uma conversa do que uma foto apenas para mostrar ao mundo que um fã o conheceu.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

“As pessoas chegam e perguntam: ‘Podemos tirar uma foto?’. E, de repente, vão embora. Às vezes eu os pergunto sobre o que vão fazer com ela, e a resposta mais comum é: ‘Não tenho nem ideia’”, explicou.

 
“Outro dia alguém me disse que precisava de uma foto para demonstrar aos seus amigos que me conheceu. E eu disse: ‘Não pode ser um amigo de confiança se não acreditam em você’. Tenho de admitir que gosto muito mais de dar um aperto de mãos em alguém e compartilhar a experiência de conhecer alguém”, concluiu o alemão.
O CANADÁ É PARA HAMILTON O QUE MÔNACO FOI PARA SENNA?

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:
0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;
top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube