F1

Bottas sofre nova baixa e perde engenheiro de pista para projeto da Mercedes na Fórmula E

Valtteri Bottas amargou outro revés neste fim de ano. A Mercedes decidiu que Tony Ross, na equipe desde 2011, engenheiro de Nico Rosberg no título de 2016 e desde 2017 com o finlandês, vai assumir papel central no projeto da marca na Fórmula E
Warm Up / Redação GP, de Sumaré
 Valtteri Bottas (Foto: AFP)

Derrota atrás de derrota. Assim é possível resumir o fim da temporada 2018 para Valtteri Bottas na F1. O finlandês, que terminou o Mundial de Pilotos apenas na quinta colocação depois de ter finalizado o GP de Abu Dhabi do último domingo (25) na mesma posição, sofreu outra baixa para o ano que vem: Tony Ross, seu engenheiro de pista, vai assumir papel central no projeto da Mercedes para a Fórmula E.
 
A informação foi confirmada por Toto Wolff em entrevista coletiva com os chefes de equipe de F1 em Yas Marina na sexta-feira. “Tony Ross vai ser o engenheiro e chefe de corridas do nosso programa da Fórmula E. Ele já teve o suficiente com vocês e quer sair correndo para um ambiente mais divertido, com apenas um dia de corrida e em cidades badaladas”, brincou o chefe da Mercedes.
Tony Ross trabalhou ao lado de Valtteri Bottas nas duas últimas temporadas (Foto: Glenn Dunbar/LAT Images)
Ross está na Mercedes desde 2011, quando a equipe ainda recomeçava sua jornada na F1, e trabalhou como engenheiro de Nico Rosberg, sendo um dos pilares do título conquistado pelo alemão em 2016. No ano seguinte, passou a trabalhar ao lado de Bottas.
 
O dirigente austríaco ainda não definiu quem vai ser o novo engenheiro de Bottas na próxima temporada. “Estamos discutindo isso. É um pouco mentira, mas me dê algumas semanas”, disse novamente o sarcástico Wolff. 
 
A Mercedes vai fazer parte do grid da Fórmula E a partir da temporada 2019/20. No campeonato deste ano, marcado para começar em 15 de dezembro na Arábia Saudita, Stoffel Vandoorne e Gary Paffett vão representar a HWA, braço da Mercedes. 
 
A entrada da HWA serve como uma espécie de preparação antes da entrada da marca prateada como equipe de fábrica na categoria dos carros elétricos no ano que vem.
 
Segundo o site norte-americano ‘Motorsport.com’, Tony Ross já vai começar seus trabalhos na FE com a HWA, embora ainda não seja conhecido exatamente quando o engenheiro vai entrar de vez no projeto da categoria.