Boullier fala em gratidão por Räikkönen por manter viva ambição da Lotus pelo título de 2012

Eric Boullier, chefe da Lotus, revelou gratidão por Kimi Räikkönen pelo finlandês ter conquistado um pódio em Spa-Francorchamps e mantido vivas as chances do time no Mundial de 2012

Eric Boullier, chefe da Lotus, concordou com Kimi Räikkönen e reconheceu que o E20 não era rápido o suficiente para disputar a vitória no GP da Bélgica com Jenson Button e Sebastian Vettel. O dirigente contou que o time chegou a reavaliar a estratégia, mas destacou que a terceira colocação no GP da Bélgica resultou em bons pontos para a equipe.

“Infelizmente, nós não tínhamos ritmo para Kimi desafiar Jenson ou Sebastian hoje”, reconheceu Boullier. “Nós tivemos de avaliar atentamente a estratégia durante a corrida para ver se deveríamos mudar a estratégia para uma parada, mas, no fim, o pódio ainda nos traz alguns bons pontos”, considerou.
 

Chefe da Lotus elogiou atuação de Räikkönen ao garantir terceiro lugar em Spa (Foto: Red Bull/ Getty Images/ Clive Mason)


Boullier garantiu que o time segue focado na meta de vencer na temporada e falou em gratidão por Räikkönen ter mantido vivas as chances do time preto e dourado no Mundial.

“É claro, todos falam sobre a vitória e isso é algo que todos nós queremos. Nós não éramos rápidos o suficiente, então todos nós precisamos continuar trabalhando duro nesta meta”, ponderou. “Kimi fez um ótimo trabalho hoje ao garantir a terceira posição com um carro que realmente não era rápido o suficiente”, elogiou.

“Na verdade, este foi um dos fins de semana mais difíceis e somos gratos ao Kimi por ter feito seu melhor para limitar os danos às nossas aspirações no campeonato”, encerrou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube