Brawn diz que futuro de Schumacher ainda está sendo discutido e admite interesse em Hamilton

Ross Brawn desconversou sobre prazos, mas admitiu que a Mercedes está, sim, interessada em Lewis Hamilton e afirmou que a permanência ou não de Michael Schumacher ainda está sendo discutida pela equipe alemã

Ross Brawn afirmou que a decisão sobre o futuro de Michael Schumacher na F1 será difícil e admitiu que ainda aguarda uma posição de Lewis Hamilton. O inglês de 27 anos ainda não decidiu nada sobre seu destino para 2013 e estuda as propostas de McLaren e Mercedes, com ambas oferecendo quase os mesmos ganhos financeiros, na tentativa de convencer o piloto.

A decisão de Lewis, evidentemente, terá um grande um impacto no futuro de Schumacher na categoria, principalmente se o britânico optar realmente por deixar o Woking para pilotar os carros prateados. Ainda assim, Brawn vê com reservas as conversas sobre Hamilton e acha que a questão ainda está longe de um acordo. O dirigente ainda disse que a equipe alemã não deseja perder o heptacampeão, apesar da temporada irregular e do desastroso abandono do piloto em Cingapura, no último domingo (23).

Schumacher abandonou o GP de Cingapura depois de bater na traseira do carro de Vergne (Foto: Red Bull/Getty Images)

"Ainda estamos discutindo", disse Brawn, ao falar sobre o futuro de Schumacher, nesta quinta-feira (27), em entrevista à BBC Radio 5 Live. "Não posso comentar muito sobre esse assunto agora, mas Michael tem sido um grande trunfo para a equipe e realmente tem nos levado para frente. Ele contribui em muitas coisas, então acho que a decisão com relação à permanência ou não de Michael será uma tarefa difícil. Obviamente, ele está envolvido com essa decisão e com as discussões que estão em curso no momento", explicou o inglês.

Embora tenha desconversado sobre o prazo para definir quem será o companheiro de equipe de Nico Rosberg em 2013, Brawn admitiu pela primeira vez que a Mercedes está, sim, interessada em ter Hamilton. "Acho que qualquer equipe ambiciosa procura os melhores pilotos e nós somos uma equipe ambiciosa, mas acho que há muita especulação neste momento. Nós teremos algumas coisas para dizer nas próximas semanas, nos próximos meses, talvez, e aí tudo ficará mais claro", completou.

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube