Briefing traz edições ao vivo e analisa pré e pós-GP da Inglaterra de F1 neste domingo

Programa do GRANDE PRÊMIO que analisa a Fórmula 1 tem duas edições no domingo dos finais de semana de corrida durante a temporada 2020

O leitor, espectador e ouvinte do outro lado já está acostumado. O BRIEFING vem com duas edições nos domingos de Fórmula 1 — foi assim nos GPs da Áustria, da Estíria, da Hungria e será novamente assim no GP da Inglaterra, quarta etapa da temporada, que vai ser disputada neste segundo dia de agosto.

Com transmissão ao vivo no canal do GRANDE PRÊMIO no YouTube, o programa digital que debate as corridas vai debater o antes e o depois da prova em Silverstone, assim como tem sido e seguirá sendo ao longo de toda a temporada 2020.

As etapas europeias mantêm um padrão de horários, de modo que você já pode se programar: o Briefing pré-corrida tem início às 9h (de Brasília), enquanto o pós-corrida começa às 13h. As duas transmissões acontecem na GPTV, o canal do GRANDE PRÊMIO no YouTube.

Neste domingo, os jornalistas do GRANDE PRÊMIO avaliam o treino classificatório que definiu o grid de largada dominando pela Mercedes e que coroou Lewis Hamilton pela 91ª como pole-position na Fórmula 1. De quebra, os profissionais da casa discutem também a etapa da Fórmula 2 neste fim de semana na Inglaterra.

BRIEFING pré-GP da Inglaterra, com Victor Martins, Fernando Silva e Vitor Fazio

Horas mais tarde, pouco depois da bandeirada quadriculada em Silverstone, uma nova equipe de jornalistas do GP entra no ar para abordar todos os detalhes da corrida, dissecam os grandes e os piores nomes do domingo, a repercussão, as eventuais polêmicas e as notas de todos os 20 pilotos do grid.

BRIEFING pós-GP da Inglaterra, com Victor Martins, Evelyn Guimarães e Américo Teixeira Jr.

Clube das 300+

A Red Bull é uma das principais equipes dos anos recentes da Fórmula 1, mas também vai ocupando páginas importantes na história da categoria. No GP da Turquia, os austríacos chegam ao marco de 300 corridas na F1, entrando para um seleto grupo.

Ao todo, a Red Bull soma 63 vitórias, 62 poles, 67 voltas mais rápidas, 180 pódios e 17 dobradinhas nas 299 corridas que disputou com 11 pilotos diferentes. Tudo isso, é claro, além dos quatro títulos do Mundial de Pilotos e do Mundial de Construtores, todos entre 2010 e 2013.

No 10+, o GRANDE PREMIUM relembra quais as dez equipes que mais vezes participaram de corridas da F1, um grupo em que a Red Bull, 11ª colocada na lista, está cada vez mais perto de se meter, possivelmente já em 2022.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube