Button acredita que segundo colocado levará vantagem sobre pole-position na largada em Austin

Para o inglês da McLaren, essa vantagem se explica pelos poucos metros a mais que quem largar na segunda posição terá para ganhar velocidade antes do início da íngreme subida da reta de largada do Circuito das Américas

As características do Circuito das Américas devem tirar a vantagem do pole-position sobre o segundo colocado no momento da largada do GP dos Estados Unidos, em Austin, neste domingo (18). Segundo Jenson Button, a proximidade do ponto em que o pole-position alinhará e o começo da subida pode resultar em uma aceleração menor e, consequentemente, na perda da primeira posição ainda nos primeiros metros da disputa.

“Eu acho que a segunda posição é provavelmente melhor que a primeira”, falou o britânico. “Ela tem um pouco mais de espaço. A pole-position está bem no pé da ladeira”, observou. Seguindo a linha de raciocínio do piloto da McLaren, a conclusão a que se chega é que os metros de pista plana que o segundo colocado terá a mais resultarão em uma vantagem.

Button espera por uma largada tumultuada em Austin (Foto: McLaren)

Além disso, por estar do lado interno da pista, o segundo colocado terá outra vantagem, que é uma melhor visibilidade do ponto correto de tangência para a curva 1, cega. Isso também levou a outra observação do inglês: o risco de um acidente acontecer poucos segundos depois do apagar das luzes em Austin.

“Você vai querer se classificar bem aqui porque as pessoas vão tentar fazer coisas não muito usuais na curva 1, Todos vamos chegar lá sem ter pistas de onde está a tangência, porque o único carro que saberá será o que estiver na linha de dentro [na frente], porque é o único que poderá vê-la”, destacou Button. “O resto de nós estará em terra de ninguém”.

O piloto também disse que o ponto de frenagem, na ladeira, será muito diferente. “Frear dois metros depois na subida é como frear um metro depois no plano, então muita gente vai se complicar com os freios e não são muitos os que vão acertar a curva 1 no começo”, falou, prevendo as dificuldades que serão encaradas nos primeiros treinos livres.

Por outro lado, no restante da volta, Button ainda não tem ideia de como as subidas e descidas serão sentidas. “Não sei se vamos sentir o resto porque vamos estar muito rápidos”, concluiu o campeão mundial de 2009.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube