Button descreve sensação de guiar carro de F1 e mira outro título antes da aposentadoria

Jenson Button afirmou que guiar um carro de F1 é uma sensação inigualável. Britânico falou sobre seus planos de aposentadoria e mira mais um título Mundial antes de encerrar carreira

Campeão de F1 em 2009, Jenson Button quer conquistar outro Mundial antes da aposentadoria. Em entrevista ao diário londrino ‘Daily Mail’, o piloto da McLaren afirmou que já pensa em se retirar das pistas, mas ponderou que é preciso ter certeza da decisão para não se arrepender.

“Está na minha cabeça. Em qualquer esporte, o desafio é se retirar no momento certo”, avaliou. “Muitos pilotos dizem que estão ansiosos para deixar a F1 e que mal podem esperar para viver uma vida mais calma. Depois de quatro meses longe, eles ficam loucos porque sentem falta da agitação”, continuou.
 

Button afirmou que deseja vencer GP nas ruas de Londres (Foto: McLaren)


Na visão de Button, os pilotos sentem falta da sensação de guiar um F1 e deu explicação detalhada de como ele se sente dentro do carro.

“Para entender a intensidade de guiar um carro, você precisa estar nele”, avisou. “Quando você está guiando uma máquina de 750hp a 370 km/h, o barulho e as vibrações são incríveis. A força-G quando você faz as curvas é como se alguém estivesse tentando arrancar a sua cabeça. Você freia e parece que a sua pele está saindo do corpo. Eu suo tanto durante uma corrida que perco três litros de fluidos”, relatou.

“A adrenalina é tanta que meu coração bate a 150 por minuto. Esta experiência não se compara a nada na terra”, opinou.

Mesmo reconhecendo que já pensa em pendurar o capacete, Jenson afirmou que ainda tem metas a cumprir, como conquistar o bicampeonato. Ainda, o britânico falou sobre a negociação para a realização de um GP de Londres e disse que vencer em casa seria uma ótima forma de encerrar a carreira.

“Eu ainda tenho ambições na F1. Outro Mundial seria uma conquista fantástica”, disse Button. “Também, antes de parar, eu adoraria competir no GP de Londres. Bernie Ecclestone está trabalhando nisso e Boris Johnson parece apoiar.”

“Eu amo a ideia de todos aqueles carros da F1 acelerando em Londres, passando por locais históricos com o Big Ben e Trafalgar Square. Vencer o GP de Londres seria a melhor maneira possível de me aposentar”, concluiu.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube