Button elogia Hamilton e pede para companheiro de equipe seguir na McLaren na próxima temporada

Elogiando muito Lewis Hamilton, Jenson Button pede para que o atual companheiro de McLaren não escute propostas de outras equipes para continuar formando a dupla da equipe inglesa no próximo ano. O contrato do piloto acaba no final deste ano

O contrato de Lewis Hamilton com a McLaren termina no final deste ano e o futuro do piloto é alvo de muitas especulações. Ainda negociando com os principais dirigentes da equipe, o inglês promete definir se fica ou não na equipe até o final das férias de verão, que vão começar logo após o GP da Hungria deste domingo (29).

Companheiro de Hamilton desde 2010, Jenson Button espera ver o compatriota na equipe na próxima temporada. Elogiando muito o parceiro, o campeão do mundo em 2009 diz que ter alguém tão competitivo na McLaren dá ânimo para trabalhar forte ao longo de todo ano.

“Você quer fazer um trabalho melhor que seu companheiro de equipe ao longo do final de semana de corrida, que é o que todos nós queremos fazer, mas você tem ter um companheiro de equipe competitivo também”, afirmou. “Essa é a maneira que o esporte funciona e, quando você está em uma equipe de ponta, é sempre bom ter um companheiro competitivo”, disse.

Button espera ver Hamilton na McLaren em 2013 (Foto: McLaren)

Para Button, a McLaren é a casa de Hamilton e, mesmo afirmando que é bom mudar, o inglês acredita que uma mudança pode não ser boa para o companheiro. “Lewis é um dos que tem a opção de mudar de equipe ou não, este lugar [a McLaren] é como a casa de Lewis”.

"Ele está aqui desde o início de sua carreira e é uma grande mudança ir para outro lugar. Eu fiz isso algumas vezes. Às vezes é bom que você faça essa mudança, e cabe a Lewis, mas, do meu ponto de vista, não parece que seria a coisa certa a fazer”, ressaltou.

Sem falar diretamente, Button deu a entender que Hamilton é o melhor companheiro de equipe que já teve na F1 em mais de dez anos na categoria que é considerada o auge do automobilismo. "Ele é definitivamente o mais rápido companheiro de equipe que eu tive", explicou.

"Eu já corri alguns companheiros de equipe muito bons. Eu já corri com dois campeões do mundo, mas eles eram bastante diferentes no seu comportamento e na forma como eles trabalham em equipe, mas acho que os últimos três anos tem sido ótimos”, elogiou.

"É bom ter uma boa competição. Os dias em que você é batido por seu companheiro de equipe, você tem a dizer parabéns porque foi um grande trabalho”, contou. “Mas os dias você vence seu companheiro de equipe quando ele é que competitivo, dá um motivo extra para sorrir após a corrida e esse sentimento é muito bom. Por isso, é importante ter um companheiro de equipe competitivo”, finalizou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube