F1

Button elogia pilotos da F-E, mas sente falta de “cheiro, barulho e velocidade”. Räikkönen nem se anima

Os dois pilotos mais veteranos da F1 atual, os campeões mundiais Jenson Button e Kimi Räikkönen, não estou muito interessados na F-E. Faltam aspectos como “cheiro, barulho e velocidade”, segundo ambos
Warm Up / Redação GP, do Rio de Janeiro
Embora a aceitação dos fãs à F-E tenha ficado clara durante a temporada inaugural da F-E, entre a F1 a resistência ainda é grande. Sebastian Vettel foi o primeiro a falar contra, ainda no início da temporada, mas desde que chegaram a Silverstone para o GP da Inglaterra deste final de semana, Christian Horner e agora Jenson Button e Kimi Räikkönen demonstraram uma indiferença gigantesca quanto à revolucionária categoria.
 
Button disse que apesar de não ter assistido o final da temporada, semana passada em Londres, acompanhou várias provas do ano. Mas seu interesse se baseia no alto nível dos pilotos, não da categoria em sim. Faltam "cheiro, barulho e velocidade".
F-E? Thanks but no thanks (AP Photo/Claude Paris)
"Não assisti a corrida de Londres. Assisti outras, e não por causa dos carros, mas dos pilotos. Tem 13 ex-F1, e isso torna interessante a categoria. Fizeram um bom trabalho reunindo bons pilotos. Há uma briga interessante entre os pilotos que estão lá", disse.
 
"Mas não é algo que me interessa. Automobilismo é automobilismo para mim, e amo o cheiro, o barulho, a velocidade, e isso é o que a F1 é para mim", seguiu.
 
Nenhum surpresa, então, que Räikkönen seja outro indiferente à F-E. O finlandês, que disse não estar se preocupando muito se a Ferrari vai mantê-lo para o ano que vem, elogiou a seleção de locais onde a F-E passa, mas não se animou por conta da velocidade.
 
"Não estou interessado. Eles escolhem bem os lugares onde vão, é legal para o público. Mas para mim, falamos aqui que os carros são lentos, não são espetaculares. Eu acho que eles são bem lentos. A corrida foi boa, mas não é algo que me anima", concluiu.
 
Com ou sem o suporte dos dois pilotos mais veteranos da F1, a F-E terminou a temporada na última semana em estado de graça e com o título de Nelsinho Piquet.