carregando
F1

Button se manifesta pela primeira vez após morte do pai: “Ele era grande parte da minha vida”

No Twitter, Jenson Button se manifestou publicamente pela primeira vez após a morte do pai, John: “Papa, você não pode acreditar o quão orgulhoso sou por poder chamá-lo de meu pai”

Warm Up / Redação GP, de São Paulo

No fim da tarde desta quarta-feira (15), por meio de sua conta no Twitter, Jenson Button se manifestou publicamente pela primeira vez após a morte do pai, John Button. Aos 70 anos, John foi encontrado morto em sua casa na Riviera Francesa no último domingo.

Na rede social, o piloto da McLaren postou uma carta agradecendo aos amigos e fãs pelo apoio e enviou um recado para o pai:

“Obrigado a todos pelas suas adoráveis mensagens sobre meu pai, é muito legal ver que ele tocou tantas pessoas. Ele era grande parte da minha vida, vou sentir muito a falta dele”, escreveu o britânico.

“Papa, você não pode acreditar o quão orgulhoso sou por poder chamá-lo de meu pai. Eu te amo, ‘Papa Smurf’, você estará para sempre no meu coração. Descanse em paz com os anjos”, completou.
John Button sempre acompanhava Jenson nas corridas da F1 (Foto: Getty Images)