Ilott se vê em posição “muito boa” para correr na F1 e lembra: “Alguns esperaram 2 anos”

Callum Ilott decidiu não seguir na Fórmula 2 ao se ver sem vaga na Fórmula 1 para 2021. O britânico aceita esperar, acreditando que vai aprender bastante como piloto reserva da Alfa Romeo

MotoGP preparou vídeo com imagens da carreira em tributo a Jason Dupasquier (Vídeo: MotoGP)

Callum Ilott foi um dos que ficaram de pé na dança das cadeiras da Fórmula 1 em 2020. O britânico veio embalado pelo vice-campeonato na Fórmula 2 e pelo apoio da Ferrari, mas não conseguiu vaga para 2021. A situação não é a ideal, mas não chega a ser motivo para tristeza: Ilott ainda acredita estar em posição favorável para receber a grande chance no futuro próximo.

Ilott foca agora em duas frentes: o Europeu de GT Endurance, representando a Ferrari, e os treinos livres de Fórmula 1 pela Alfa Romeo. Tudo isso faz parte de um projeto de longo prazo para virar titular na F1.

“Eu ainda acho que estou em uma posição muito, muito boa”, disse Ilott, entrevistado pelo Motorsport.com. “Sim, eu tenho que esperar um ano, mas já vi algumas pessoas esperando dois. O foco está em fazer o melhor trabalho possível no GT e nos TL1 para que uma oportunidade se apresente”, seguiu.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Callum Ilott é reserva da Alfa Romeo em 2021 (Foto: Uni Virtuosi)

Ilott teve a chance de disputar mais uma temporada de F2 – seria a terceira –, mas trocou de ares. O motivo foi a sensação de dever cumprido, além de ver as principais vagas do grid já ocupadas.

“Eu tive algumas conversas com a Ferrari e com as equipes de Fórmula 2. Só que a decisão a respeito da Fórmula 1 veio meio tarde. Naquela altura, muitas equipes de Fórmula 2 já tinham tomado decisões. Além disso, não é tão fácil trocar de equipe e ficar em um ambiente desconhecido. Eu terminei o campeonato em segundo, com cinco poles e três vitórias. É o mais perto que você pode chegar de ser campeão. Eu amo correr na F2, acho que é um formato ótimo. Só que agora são três corridas [por fim de semana] e muita coisa mudou. Por mais importante que seja seguir correndo, há também um lado de informações da F1 que você não maximiza enquanto está na F2”, comentou.

Com a Alfa Romeo renovando os contratos de Kimi Räikkönen e Antonio Giovinazzi, restou a Ilott brigar com Mick Schumacher por uma vaga na Haas. O alemão, também na Academia da Ferrari, foi campeão da F2 e levou o contrato com a escuderia americana. O prêmio de consolação foi o posto de reserva da Alfa Romeo, participando de treinos livres.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar