Campeão da World Series, Frijns diz que treino dos novatos em Abu Dhabi vai definir futuro no esporte

Sem dinheiro para continuar correndo, Robin Frijns afirmou que espera fazer um bom trabalho no treino dos novatos da F1. O piloto disse que espera chamar a atenção de alguma equipe para poder continuar competindo

Recém-coroado campeão da World Series, neste domingo (21), Robin Frijns vive a expectativa de estear na F1. Com o futuro indefinido, o holandês vai testar pela Sauber no treino dos novatos, em novembro, em Abu Dhabi, de olho em uma vaga em 2013. O piloto admitiu que não tem dinheiro para continuar correndo e por isso espera chamar a atenção de alguma equipe.

“Esse é meu futuro em jogo. Eu não tenho nenhum dinheiro, então tenho que confiar puramente no talento, o que é um caminho muito mais difícil nesse momento. Essa será a minha primeira vez que terei outros carros de F1 em volta, então eu posso conseguir provar alguma coisa”, declarou à revista inglesa ‘Autosport’.

Robin Frijns é o campeão da World Series em 2012 (Foto: Facebook/World Series)

Frijns afirmou que a maior esperança em Abu Dhabi é conseguir iniciar um bom trabalho e acabar chamado por alguma escuderia para seguir na função. “Eu posso ver onde estou, e isso é bom. Se eu estiver fazendo um bom trabalho para a equipe, espero que todos possam querer algo mais”, disse.

O holandês, por fim, revelou que as conversas com a Sauber começaram quando a escuderia suíça viu seu desempenho na World Series, onde mesmo sendo um novato conseguiu vencer o título correndo contra os experientes Sam Bird e Jules Bianchi, que já tiveram passagem pela GP2.

“Meu empresário teve algumas conversas com a Sauber, e quando eles viram que eu estava sempre na frente me deram um teste. Foi isso o que aconteceu, com meus bons resultados e com o progresso que fiz comparado a Bianchi e Bird”, encerrou.

Frinjs teve a oportunidade de pilotar um carro de F1 pela primeira vez durante a etapa de Moscou da World Series. Na ocasião, por ser líder do campeonato, o neerlandês pôde guiar o carro da Red Bull, de 2010, durante uma exibição.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube