Sainz enlouquece com bandeira vermelha e lamenta “uma das maiores frustrações da vida”

Carlos Sainz acreditava que tinha condições de anotar a pole-position em Mônaco, mas uma batida do companheiro impediu a última tentativa

Max Verstappen não economizou palavrões ao saber da bandeira vermelha (Vídeo: Reprodução/F1)

O ritmo dos dois pilotos da Ferrari era bastante impressionante no treino de classificação para o GP de Mônaco, realizado neste sábado (22). De fato, era capaz da pole que conseguiu com Charles Leclerc. Mas o piloto monegasco bateu firma na sequência e impediu Carlos Sainz de mergulhar na disputa pela primeira colocação. O espanhol se desesperou.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Sainz afirmou que viveu uma das maiores decepções da carreira. Afinal, sem a chance da última volta lançada, larga na quarta colocação. Não é ruim, ele sabe, mas tampouco é o que esperava.

“Definitivamente, muito frustrante e difícil de esperar. Não é todo dia que você tem a chance de fazer uma volta para pole em Mônaco e ficar sem essa oportunidade em nossa segunda chance é tremendamente frustrante. Dá para imaginar que estou decepcionado, porque tive ritmo para a primeira fila durante todo o fim de semana”, disse.

Charles Leclerc garantiu a pole ao encher o guard-rail da Piscina (Foto: Reprodução/Twitter)

“Pole ou não, normalmente depende só de Verstappen, Charles e de mim acertar uma volta. Não ter nem a chance é muito frustrante. Tenho que admitir que é um dos momentos mais frustrantes da minha carreira de piloto. Como piloto, é difícil digerir, porque você nunca sabe quando [vai se repetir] nos próximos cinco anos da sua vida”, lamentou.

“Não é sempre que existe a chance de fazer isso no Q3 e colocar a Ferrari na pole em Mônaco. Sinto que tenho ritmo para ganhar a corrida amanhã, para ser honesto. Mas largando em quarto, mesmo com o ritmo, não é muito fácil partir para vencer”, finalizou.

A largada para o GP de Mônaco está marcada para as 10h (de Brasília) do domingo, e o GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e EM TEMPO REAL.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar