Sainz diz que recebeu carta de Vettel na saída da Red Bull em 2014: “Respeito profundo”

Carlos Sainz, agora na Ferrari, rasgou elogios a Sebastian Vettel e relembrou de carta escrita pelo alemão durante despedida da Red Bull em 2014

Já é de conhecimento geral o comportamento gentil de Sebastian Vettel fora das pistas. O piloto da Aston Martin já protagonizou diversos episódios onde demonstrou seu lado humano com fãs e torcedores. Agora, foi a vez de Carlos Sainz, novo piloto da Ferrari, relembrar uma gentileza protagonizada no ano de 2014, quando o tetracampeão mundial deixou a Red Bull rumo à Ferrari e Sainz era piloto de simulador da equipe de Milton Keynes. Na despedida, Seb fez questão de deixar uma carta de agradecimento ao pupilo.

“Eu tenho um profundo respeito pelo Sebastian”, disse Sainz, entrevistado pelo site SoyMotor. “Acredito que ele é um dos pilotos que marcou uma era na Fórmula 1, apesar dos anos difíceis que ele teve. Vou contar uma história. No dia em que ele se despediu da Red Bull em 2014, eu era piloto de simulador e ele escreveu uma carta para mim. Ele entendia que o trabalho que eu fazia no simulador para ele e para a equipe era importante, então, teve a gentileza de dizer adeus à Red Bull através de cartas personalizadas para cada funcionário. Ele sabia que a partir das quatro da manhã eu dedicava horas testando acertos no simulador para recomendar para ele na corrida da Austrália. E ele foi gentil o bastante para me enviar uma carta agradecendo pelo esforço que coloquei no simulador e pelas horas que me dediquei a isso. Desde então, eu tenho um carinho especial por ele e uma relação com ele além das câmeras. Talvez eu nunca tenha dito a ele e um dia eu diga, que desde que isso aconteceu tenho um grande respeito por ele”, seguiu.

Sebastian Vettel imprimiu grande domínio entre 2010 e 2013, conseguindo todos os títulos (Foto: Red Bull Content Pool)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Recém-chegado à Ferrari, Sainz aproveitou para comentar a respeito de seu novo companheiro, Charles Leclerc e da relação dos dois até o momento. “Eu o respeito muito, temos um respeito mútuo um pelo outro. Eu o respeito pela carreira, pelo talento, pelo que já conquistou na Ferrari em poucos anos aqui, pelo que conquistou na Fórmula 1 e também por tudo que ele passou”, afirmou Sainz.

Relembrando o episódio de 2017, em que o monegasco perdeu seu pai às vésperas da corrida de Baku da Fórmula 2, posteriormente vencida pelo próprio Leclerc, Sainz ressaltou a superação do piloto de 23 anos. “Charles tem uma história muito singular que é familiar para mim. Eu tenho um enorme carinho por meu pai, e tenho muito amor pelas pessoas próximas a mim, então, quando me coloco na posição dele e vejo o que ele passou e onde está agora, eu o respeito. Isso me faz dizer que ele é um bom garoto, um cara bem interessante. Eu acho, e já disse abertamente, por isso, acredito que nos daremos bem também”, finalizou o piloto espanhol.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube