Sainz vê Ferrari acima do esperado em Baku, mas “definitivamente abaixo de Mônaco”

Carlos Sainz Jr. viu a sexta-feira da Ferrari em Baku pelo copo meio cheio e pelo copo meio vazio. É que o espanhol esperava menos do carro, mas também sabe que não está no nível de Mônaco, quando chegou em segundo

A Ferrari colocou os dois pilotos no top-3 no TL1 e fez top-4 no TL2, mas Carlos Sainz não saiu lá muito animado com o que sentiu do carro nesta sexta-feira (4) em Baku. O espanhol explicou que há duas formas de se avaliar o desempenho: comparando com a expectativa, para o bem, ou com o GP de Mônaco, para o mal.

É que Sainz imaginava a Ferrari sofrendo mais com as longas retas circuito azeri e, ao menos em um primeiro momento, o começo foi positivo. Carlos, entretanto, lembra que precisou do auxílio do vácuo para atingir os melhores tempos.

“Fomos mais rápidos do que esperávamos, mas também é verdade que eu peguei vácuo nas minhas melhores voltas. Não sabemos bem como é nosso ritmo em stints longos. Então, é difícil ter certeza de onde estamos agora”, disse.

Carlos Sainz não ficou muito impressionado com a Ferrari em Baku (Foto: Ferrari)

Apontando a Red Bull como grande favorita, o espanhol admitiu que a Ferrari não está no mesmo patamar que esteve em Mônaco, quando fez a pole com Charles Leclerc e ficou em segundo na corrida com Sainz.

“Acho que amanhã vai ser um indicador melhor, mas, definitivamente, não somos tão rápidos quanto em Mônaco, isso é uma certeza. Acho que a Red Bull é mais rápida em volta rápida e em stint longo, precisamos colocar os pés no chão e tentar achar um pouco mais de ritmo”, completou.

Fórmula 1 volta a acelerar nas ruas de Baku neste sábado, com o treino livre 3, a partir de 6h (de Brasília), enquanto a classificação está marcada para 9h. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar