Catar quer sediar treinos de pré-temporada da F1 no circuito de Losail, diz agência

A ida ao Oriente Médio para os treinamentos de pré-temporada agradaria às equipes, que gostariam de uma alternativa ao frio europeu para testar seus equipamentos

O circuito de Losail, no Catar, pode receber treinamentos de pré-temporada. Nasser bin Khalifa Al Attiyah, presidente da federação catari de automobilismo, revelou que a pista se candidatou para receber uma licença da FIA para F1.

O desejo é “receber os times da F1 para testes de pré-temporada e outras atividades”, explicou o dirigente do país oriental em entrevista à agência de notícias AFP. “O diretor de provas da F1, Charlie Whiting, esteve aqui para inspecionar o circuito de Losail e ficou impressionado com o que viu”, contou Attiyah.

Marc Gené pilotou um bólido da Ferrari no Catar em demostração no começo de 2012 (Foto: Divulgação)

O plano seria abrigar testes já em 2013. A viagem ao Oriente Médio pode agradar aos times, que gostariam de treinar longe da Europa para escapar das baixas temperaturas e das chuvas, que costumeiramente atrasam os trabalhos das equipes. Em 2009, porém, no último teste realizado por lá, no Bahrein, o cronograma dos times foi afetado por tempestades de areia.

Eventualmente sediar um GP também não está fora de cogitação. Construído em 2004 e localizado próximo à capital Doha, o circuito de Losail recebe uma corrida noturna de MotoGP no começo do ano. Vale lembrar que, com o cancelamento do GP da América, em Nova Jersey, há uma data em aberto no calendário do Mundial do ano que vem.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube