F1

Caterham anuncia leilão de chassis, fábrica e equipamentos e sacramenta fim das atividades na F1

A Caterham vai leiloar chassis, fábrica, simulador e equipamentos de corrida. O time anglo-malaio, que sofria com crises administrativas e financeiras desde outubro, não encontrou investidores para voltar ao grid da F1 em 2015

Warm Up / Redação GP, de São Paulo
O sonho da Caterham na F1 acabou. Nesta quinta-feira (5), o administrador da equipe anglo-malaia colocou o patrimônio do time à venda. 
 
Chassis, fábrica, equipamentos de corrida e simulador da equipe que teve Kamui Kobayashi e Marcus Ericsson na temporada 2014 vão estar em leilões entre março e abril.
 
A Caterham começou a afundar em crise ainda em outubro, quando os novos donos, o grupo Engavest SA., e o antigo, Tony Fernandes, começaram uma troca pública de acusações. Para que não fosse decretado o fim do time, as partes acharam melhor entregar o comando nas mãos dos administradores legais
A Caterham está cada vez mais longe da F1 (Foto: Glenn Dunbar/LAT Photographic)
Ainda assim, a dificuldade para fechar as contas permanecia grande. O time perdeu as etapas de Austin e Interlagos e foi só após a também quebrada Marussia encerrar suas atividades, que a Caterham apelou para a vaquinha virtual. 
 
Perto do prazo final para definir se iria ou não para Abu Dhabi, a Caterham ampliou o período de arrecadação e conseguiu atingir o objetivo final. 
 
Para a temporada 2015, o time seguiu em busca de investidores, mas, ainda mergulhada em problemas administrativos e financeiros, perdeu os testes de pré-temporada em Jerez e não vai aparecer no campeonato que começa na Austrália.

Em cinco temporadas na F1, a Caterham não conseguiu um pontinho sequer. A  equipe que começou como Lotus e, envolta em disputas fora da pista o tempo inteiro, não há de deixar saudades.
ANÁLISE

Uma Ferrari melhor, mas até que ponto competitiva? Dá para confiar nos tempos da Sauber? Por que a Williams andou pouco? E a McLaren-Honda vai conseguir chegar à primeira corrida com um carro melhor do que este? Enviado especial a Jerez de la Frontera, Renan do Couto faz um balanço da primeira semana de testes da F1 nesta pré-temporada 2015.
 
Leia a análise completa do primeiro teste da F1 no GRANDE PRÊMIO.
AGORA VAI

Com a versão 2015 da YZR-M1, Jorge Lorenzo voltou a mostrar um ritmo forte nesse segundo dia da primeira bateria de testes da pré-temporada da MotoGP e foi o único a completar os 5.543 km da pista de Sepang em menos de 2min. Ainda sem a nova versão da Desmosedici, Andrea Dovizioso aparece em segundo, com o campeão vigente Marc Márquez fechando a lista dos três melhores.
 
Leia a reportagem completa no GRANDE PRÊMIO.
LADO A LADO: ÁFRICA X AMÉRICA DO SUL

Maior prova off-road do mundo, o Rali Dakar nasceu na África, mas se mudou para América do Sul ainda na primeira década dos anos 2000 fugindo dos conflitos que assolam a região. Com a mudança, a prova perdeu em distância e duração, mas viu um aumento no número de participantes e encontrou um novo lugar para chamar de lar.
 
Leia a reportagem completa no GRANDE PRÊMIO.