Leclerc desfila e conquista pole do GP dos EUA para Ferrari. Verstappen é 6º

A classificação que formou grid para o GP dos Estados Unidos de Fórmula 1 mostrou briga real pela pole-position. Quem levou a melhor foi Charles Leclerc

Em meio a um campeonato tão dominado na Fórmula 1 quanto o de 2023, ter dias de briga pela frente envolvendo múltiplas equipes é sempre um presente honesto para o público. Foi o que aconteceu nesta sexta-feira (20), na classificação para o GP dos Estados Unidos, no Circuito das Américas. Com três equipes na cola da pole, Charles Leclerc tirou o tempo no braço, fez o necessário e conquistou a posição de honra.

A briga pela pole se mostrou real sobretudo entre Ferrari, Mercedes e Red Bull. Mas, na última volta do Q3, Lando Norris varreu os rivais mais próximos para garantir o segundo posto. Lewis Hamilton ficou na terceira colocação numa pista em que é especialista.

Relacionadas


Carlos Sainz e George Russell apareceram na sequência, com o top-5 sem qualquer Red Bull. Max Verstappen foi somente o sexto, mas há uma explicação: o campeão da F1 2023 passou com o carro fora da pista em breve momento da volta derradeira, que acabou cancelada. Do primeiro posto, despencou para sexto.

Pierre Gasly, Esteban Ocon, Sergio Pérez e Oscar Piastri encerraram o top-10, que, diga-se, foi separado por somente 0s744. E porque Piastri se distanciou, uma vez que Pérez, em nono, foi somente 0s450 mais lento que Leclerc.

A situação foi muito ruim para Fernando Alonso. Antes candidato ao vice-campeonato mundial e encantado com a evolução a jato da Aston Martin, o bicampeão viu mais um fim de semana em que o conjunto da equipe inglesa não respondeu. Pela primeira vez em 2023, foi eliminado no Q1: larga apenas no 17º lugar. E Lance Stroll sai em 19º, o que mostra que realmente era esse o lugar da Aston Martin na formação no grid.

GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e EM TEMPO REAL todas as atividades do GP dos Estados Unidos de Fórmula 1. No sábado, a classificação sprint acontece às 14h30 (de Brasília, GMT-3), com a largada da prova curta às 19h. Já no domingo, a corrida oficial larga às 16h. O GRANDE PRÊMIO ainda exibe classificação, corrida curta e a corrida em segunda tela, em parceria com a Voz do Esporteatravés da GPTV — o início das transmissões se dá 15 minutos antes das atividades.

🔴AO VIVO! F1 2023 nos Estados Unidos: tudo sobre a CLASSIFICAÇÃO | Briefing

Confira como foi a classificação:

Embora a classificação do GP dos Estados Unidos estivesse marcada para o meio da tarde, em comparação com a hora do almoço em que o treino livre foi realizado, a expectativa de maior calor se confirmou: 35°C de temperatura ambiente e asfalto nos 42°C, com céu bastante aberto e muito sol para a definição do grid de largada no Circuito das Américas.

O único problema que se apresentou no TL1 fora para Lance Stroll, com o carro da Aston Martin sofrendo por conta do disco de freio posicionado no canto dianteiro esquerdo. Desta forma, a equipe mexeu no bólido, mas o canadense estava pronto para participar da classificação.

Q1 – Hamilton na frente e sofrimento absoluto da Aston Martin

Se os pneus macios pouco apareceram ao longo do treino livre — ninguém usou mais de um jogo, enquanto McLaren e Aston Martin nem estrearam —, todo mundo partiu com os pneus mais abrangentes para a primeira parte da classificação. Logan Sargeant foi quem saiu na frente, mas Pierre Gasly foi o responsável pela primeira volta veloz.

Não houve corre-corre desesperado para tomar a pista, com muito menos pressa do que aquela notada no treino livre, mas todo mundo que aparecia no cockpit anotava volta rápida: quase ninguém fazia as famosas voltas de instalação.

Max Verstappen não esteve entre os primeiros a andar. Sergio Pérez, companheiro de Red Bull, saiu na frente e virou tempo pior que o de Charles Leclerc e o de Lando Norris. Mas Verstappen, quando finalmente, veio, tomou a dianteira com direito a 1min36s470.

Lewis Hamilton liderou o Q1 da classificação nos EUA (Foto: Mercedes)

Lewis Hamilton não se meteu com os líderes inicialmente, algo que podia ser explicado pelo fato de estar com pneus usados do TL1. Russell estava de borrachas novas e foi ligeiramente mais veloz.

Numa mudança de pneus, a Aston Martin teve de lidar com fumaça bem na parte dos freios de Stroll. Preocupante, visto o que acontecera horas antes. Ao menos naquele instante, porém, seguiu no carro e voltou para a pista.

Com a pista cada vez mais emborrachada, os tempos caíam. Nico Hülkenberg assumiu a ponteira, algo que Gasly tirou dele pouco depois. Stroll tirava alguma coisa do carro e pulava para o sexto posto momentâneo.

As Ferrari é que partiam para a liderança em seguida. Sainz andou em 1min35s824, seguido por Leclerc, 0s295 mais lento. Hamilton, enquanto isso, deu breve escapada na curva 19, mas recuperou rapidamente.

Após 12 minutos, 19 pilotos estavam no relógio. Apenas Sargeant, que foi o primeiro a sair para a pista após o começo do Q1, é que não tinha tempo marcado. Só fez volta de reconhecimento mesmo e, assim, era o último colocado.

Verstappen voltou para a pista nos minutos finais e recuperou a dianteira somente por segundos. Isso já que Hamilton, agora com pneus novos, voou a 1min35s091 e foi mais rápido. Lando Norris engrenou a segunda colocação, somente 0s019 mais lento. Verstappen foi terceiro.

Sainz, Yuki Tsunoda, Pérez, Kevin Magnussen, Guanyu Zhou, Leclerc e Oscar Piastri fecharam o top-10. Russell se salvou somente na 14ª posição.

Nos últimos lugares, uma lista inesperada. Hülkenberg, que chegara a liderar o treino e tinha expectativas reais de Q3, teve a última volta cancelada por conta de desrespeito aos limites da pista e ficou fora, na 16ª posição. Numa Aston Martin visivelmente lenta para a pista, caíram os dois pilotos. Fernando Alonso foi 17º, enquanto Stroll fechou em 19º sem melhorar no fim. Alexander Albon e Logan Sargeant foram, respectivamente, 18º e 20º colocados numa Williams que parecia capaz de muito mais.

De volta após dois meses e meio de ausência por conta de fraturas e cirurgia na mão, Daniel Ricciardo ficou com o 15º posto e avançou para a AlphaTauri.

Fernando Alonso caiu no Q1 pela primeira vez em 2023 (Foto: AFP)

Q2 – Leclerc bate Verstappen por míseros 0s004 e anima briga

Sem ter motivos para esperar, a lista de pilotos classificados para o miolo da tomada de tempos foi para a pista imediatamente assim que veio a autorização. Russell iniciou na frente de Hamilton, mas Verstappen, Piastri, Gasly, Ocon e Pérez foram mais velozes que ambos na primeira tentativa.

Quem ainda não havia despejado a potência era a Ferrari. Leclerc ficou com o nono tempo após a primeira rodada de giros rápidos, enquanto Sainz ficou em 14º. O motivo da volta bem lenta do espanhol apareceu na sequência: o tráfego causado por Tsunoda, que de fato bloqueou o carro vermelho. “Ele deveria ter mais cuidado”, reclamou Carlos no rádio.

Charles Leclerc voou no Q2 (Foto: Ferrari)

Somente Norris seguia sem volta rápida: o motivo era parecido. Lando teve o tempo cancelado por passar por fora da pista. Segundo a reclamação dele, por ter sido bloqueado por um dos carros da Red Bull. Mas ficou menos claro que o caso de Sainz.

Quando da volta dos boxes após a troca geral do jogo de pneus, ambas as Ferrari vieram antes das rivais e pularam para as primeiras posições. Verstappen, em seguida, superou Sainz, mas terminou 0s004 atrás de Leclerc. Faltavam as duplas de Mercedes e McLaren.

Norris e Piastri partiram para, respectivamente, quarto e quinto lugares do momento. Com o cronômetro zerado, veio Hamilton: terceiro lugar. Russell foi ao nono posto e escapou da eliminação por pouco. Realmente, Leclerc, com 1min35s004, foi quem liderou o Q2.

Atrás do monegasco, Verstappen, Hamilton, Sainz, Ocon, Norris, Gasly, Piastri, Russell e Pérez, por pouco, avançaram. Os eliminados foram, a partir do 11º posto, Tsunoda, Zhou, Valtteri Bottas, Magnussen e Ricciardo.

Kevin Magnussen foi até o Q2, mas nada mais (Foto: Haas F1 Team)

Q3 – Verstappen tem volta cancelada e joga pole no colo de Leclerc

Hora de decidir. Com a briga da pole na cabeça, Verstappen saiu na frente e já cravou 1min35s081 para abrir os trabalhos. A Ferrari mandou a dupla dela logo em seguida para medir forças. Sainz ficou atrás, mas Leclerc voou novamente e fez 1min34s829 para liderar.

Quaa a resposta da Mercedes? Hamilton superou Verstappen e pulou para a segunda colocação com desvantagem de somente 0s056 para Charles. Gasly entrou em quinto, seguido por Pérez, Norris, Piastri, Ocon e Russell, que teve a volta cancelada por escapar da pista.

Verstappen ficou bravo. Saindo da última curva no tráfego do companheiro Pérez, ficou irritado. “Que merda foi essa?”, questionou. Ficou realmente irritado pelo fato dos dois estarem tão próximos, com ele atrás.

Na segunda tentativa, Leclerc passou antes e recuperou a pole, com direito a Norris vindo em segundo. E Verstappen? O tricampeão se enrolou em dado momento da tentativa, passou fora da pista e teve o giro cancelado. Por breve momento, teve a pole em mãos, mas o fato da volta ter sido deletada derrubou as chances. Hamilton passou em terceiro, enquanto Sainz e Russell foram quarto e quinto colocados. Verstappen, apenas o sexto. Gasly, Ocon, Pérez e Piastri fecharam.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

🔴F1 2023 AO VIVO nos Estados Unidos: acompanhe a CLASSIFICAÇÃO no GRANDE PRÊMIO

F1 2023, GP dos Estados Unidos, Austin, Classificação:

1C LECLERCFerrari1:34.723 
2L NORRISMcLaren Mercedes1:34.853+0.130
3L HAMILTONMercedes1:34.862+0.139
4C SAINZFerrari1:34.945+0.222
5G RUSSELLMercedes1:35.079+0.356
6M VERSTAPPENRed Bull Honda RBPT1:35.081+0.358
7P GASLYAlpine Renault1:35.089+0.366
8E OCONAlpine Renault1:35.154+0.431
9S PÉREZRed Bull Honda RBPT1:35.173+0.450
10O PIASTRIMcLaren Chevrolet1:35.467+0.744
11Y TSUNODAAlphaTauri Honda RBPT1:35.697+0.974
12G ZHOUAlfa Romeo Ferrari1:35.698+0.975
13V BOTTASAlfa Romeo Ferrari1:35.858+1.135
14K MAGNUSSENHaas Ferrari1:35.880+1.157
15D RICCIARDOAlphaTauri Honda RBPT1:35.974+1.251
16N HÜLKENBERGHaas Ferrari1:36.235+1.512
17F ALONSOAston Martin Mercedes1:36.268+1.545
18A ALBONWilliams Mercedes1:36.315+1.592
19L STROLLAston Martin Mercedes1:36.589+1.866
20L SARGEANTWilliams Mercedes1:36.827+2.104
🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra, Escanteio SP e Teleguiado.