Leclerc explica “dificuldade” na sprint do Catar: “Fiquei sem pneus macios novos”

Charles Leclerc usou todos os jogos de pneus macios que tinha durantes as classificações e, por isso, teve de utilizar um composto usado na corrida sprint

Embora tenha conseguido uma boa largada na corrida sprint no Catar, realizada neste sábado (7), Charles Leclerc acabou a prova curta em Lusail fora dos pontos. De acordo com o monegasco, o fato de não ter um jogo de pneus macios novos foi determinante para as consecutivas perdas de posição no final da etapa.

Quando os pilotos que optaram pela borracha faixa vermelha ganharam algumas posições na largada, a escolha de começar a prova com pneus macios pareceu ser a mais indicada. No entanto, à medida que a etapa foi se desenrolando, o composto sofreu um alto desgaste e quem estava com o pneu médio se sobressaiu.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Charles Leclerc cruzou a linha de chegada em sétimo na sprint no catar (Foto: Pirelli)

Nas voltas finais, Leclerc foi facilmente superado por Lando Norris e Lewis Hamilton e acabou cruzando a linha de chegada na sétima posição. Uma punição por exceder limites de pista, no entanto, lhe rendeu uma punição de 5s, e o jogou para o nono lugar.

Leclerc explicou que o fato de não ter pneus vermelhos novos foi a razão de ter perdido tanto rendimento nas últimas voltas.

“Acho que foi uma corrida interessante de assistir. Do nosso lado, não tive muita escolha, esses eram os únicos pneus que me restavam porque utilizei dois novos ontem no Q3, e um hoje no SQ3, então eu não tinha nenhum pneu novo macio sobrando. Isso tornou as coisas um pouco mais difíceis, mas administramos bem a situação e agora vamos focar na corrida de amanhã, em que vamos usar os médios como os outros fizeram”, finalizou.

🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra, Escanteio SP e Teleguiado.