Leclerc nega mediocridade e vê Ferrari realista: “Fazemos autocrítica e queremos mais”

Monegasco destacou que a escuderia de Maranello está feliz com a evolução, mas não com o desempenho atual. O piloto lembrou, no entanto, que leva tempo para descontar um déficit tão grande

Trailer dos personagens clássicos do F1 2021 (Vídeo: Codemasters)

Charles Leclerc saiu em defesa da Ferrari após Ralf Schumacher falar em mediocridade da equipe italiana. O monegasco considerou que a equipe de Maranello é realista, mas quer fazer mais performance na Fórmula 1.

Há poucos dias, o irmão de Michael falou em “mediocridade terrível” após a Ferrari se mostrar satisfeita em voltar a brigar na ponta do pelotão intermediário depois de uma atuação bastante ruim em 2020.

Leclerc ressaltou que a Ferrari precisa de tempo para recuperar o atraso (Foto: Ferrari)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Na visão do monegasco, porém, celebrar o avanço obtido neste ano não é sinal de mediocridade, mas, sim o reconhecimento de que é preciso tempo para descontar o atraso entre a Ferrari e Mercedes e Red Bull.

“Eu não descreveria essa equipe como medíocre”, disse Leclerc. “É um grupo de pessoas supertalentosas que já construíram carros vencedores em 2017, 2018 e 2019. E em um ano, nós conseguimos reduzir muito o atraso ― reduzimos mais do que a metade do nosso déficit em relação à Mercedes”, seguiu.

“Como equipe, não podemos esperar eliminar completamente um déficit de 1s5 de um ano para o outro e nos tornarmos favoritos ao título. Mas não estamos satisfeitos ― fazemos autocrítica e queremos mais”, sublinhou. “Só sabemos que leva tempo. Estamos trabalhando duro para colocar a Ferrari de volta ao lugar que ela pertence: o topo. Vejo uma tendência positiva e acho que estamos no caminho certo”, ponderou.

Mesmo correndo em casa, Leclerc se mostrou realista em relação às chances que têm neste fim de semana.

“Realisticamente, a meta é estar na ponta do pelotão intermediário, como em Barcelona. Não devemos sonhar demais em relação a lutar com a Red Bull e a Mercedes, pois ainda não estamos no nível”, reconheceu. “Precisamos ser realistas em relação a isso”, concluiu.

O segundo treino livre do GP de Mônaco acontece às 10h (de Brasília), com transmissão ao vivo pelo canal por assinatura BandSports e também pelo serviço de streaming F1 TV Pro. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar