Chefão da F1 reafirma desejo de calendário com 23 corridas: “Vamos lutar até o fim”

Não está fácil, mas a Fórmula 1 não desiste do calendário de 23 corridas ainda em 2021. A categoria flerta com novos cancelamentos, consequência da pandemia da Covid-19

Verstappen arrisca na estratégia e bate Hamilton: os melhores momentos do GP da França (GRANDE PRÊMIO com Reuters)

A Fórmula 1 começou 2021 prometendo um calendário de 23 corridas e, mesmo com uma série de corridas ameaçadas, não arreda o pé. Stefano Domenicali, chefão da categoria desde o começo do ano, deixou claro que todas possibilidades serão esgotadas antes de reduzir o número de provas.

O argumento de Domenicali é que o campeonato, com disputa acirrada entre Lewis Hamilton e Max Verstappen, está bom demais. Quanto mais isso durar, melhor.

“Os planos estão da mesma forma que já discutimos com as equipes”, afirmou, questionado pelo site Crash.net. “Nossa meta é essa [23 corridas], e vamos lutar até o fim para garantir que vai acontecer. Numa temporada dessas, você não quer perder nenhuma corrida”, seguiu.

F1; FÓRMULA 1; STEFANO DOMENICALI;
Stefano Domenicali ainda trabalha para manter 23 corridas no calendário (Foto: Lamborghini)

Os GPs do Canadá, de Singapura e da Turquia já foram cancelados, todos por conta da Covid-19. O da China já não tem mais data para acontecer e o cancelamento é iminente. Duas datas – GP da Emília-Romanha e GP da Estíria – já foram adicionadas, sendo que uma terceira segue vazia. Além disso, as corridas nas Américas e na Ásia enfrentam risco constante.

Por mais que a pandemia dificulte a logística da F1, Domenicali não se desanima. Até porque, com o público retornando aos autódromos, a sensação de normalidade já aumenta.

“É ótimo ver a reação dos nossos pilotos ao público, celebrando. Está sendo realmente ótimo. Já teremos público na Áustria, e público completo na segunda corrida. Espero que tenhamos cada vez mais público nas próximas corridas, desde que a gente respeite as exigências de segurança de cada país. Será um divisor de águas para essa temporada incrível que temos esse ano”, destacou.

O já citado GP da Estíria abre a rodada dupla da Fórmula 1 no Red Bull Ring. A corrida é já nesta semana, em 27 de junho.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar