Chefe admite que Ricciardo precisa de “alguns fins de semana” para se adaptar à McLaren

Andreas Seidl, chefe de equipe da McLaren, afirmou que os pilotos tiveram pouco tempo de adaptação desde a pré-temporada

Lando Norris vive um início de temporada muito forte com a McLaren em 2021. Nas duas etapas até aqui, Bahrein e Emília-Romanha, o inglês alcançou a quarta e terceira posições, enquanto seu parceiro de 31 anos já bastante experiente, Daniel Ricciardo, ficou com a sétima e sexta, respectivamente. Inclusive, em Ímola, o australiano recebeu ordens da equipe de Woking para abrir espaço para Norris ultrapassá-lo, e assim o fez. Na ocasião, o piloto do carro #3 afirmou que teve que “engolir o seu orgulho”.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!
WEB STORIES: Como foi o GP da Emília-Romanha de Fórmula 1

Andreas Seidl, chefe de equipe da escuderia britânica, falou sobre o desempenho inicial de Ricciardo e afirmou que é questão de mais alguns “fins de semana de corrida” para o piloto se acostumar com o MCL35M.

“Faz parte do processo de integração de um novo piloto e, com a experiência que Daniel tem, com a experiência que temos dentro da equipe, é apenas uma questão de mais alguns fins de semana de corrida até que Daniel esteja totalmente confortável em nosso carro”, disse Seidl.

DANIEL RICCIARDO; MCLAREN; GP DO BAHREIN;
Andreas Seidl afirmou que Ricciardo vai precisar de mais alguns fins de semana para se adaptar ao MCL35M

Além disso, Ricciardo já havia sido honesto sobre não ter se adaptado totalmente ao carro ainda, tendo apenas três dias de testes de pré-temporada divididos entre ele e Norris, o que Seidl concorda.

“Esses carros são complexos e encontrar esses últimos dois, três, quatro, décimos, mas também faz a diferença quando eles são confortáveis ​​para levar esses carros ao limite, o que não é fácil de encontrar”, completou. “Isso leva tempo. Não é uma surpresa.”

A próxima etapa da F1 na temporada 2021 acontece dentro de duas semanas, em 2 de maio. A categoria vai para Portimão, casa do GP de Portugal.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar