Chefe assume que esperava Schumacher na Alfa Romeo. E fica “sem resposta” sobre Haas

Frédéric Vasseur, chefe da Alfa Romeo, penava que Mick Schumacher estaria em um dos seus carros em 2021. Mas sobrou Antonio Giovinazzi, mesmo

Mick Schumacher será piloto da Haas em 2021 ao lado de Nikita Mazepin. Isso é sabido há duas semanas, mesmo antes do alemão se tornar campeão da F2 em 2020. Mas a ida para o time americano não deixou todos no paddock da Fórmula 1 satisfeitos – é só sondar a Alfa Romeo.

Em entrevista ao jornal suíço Blick, Frédéric Vasseur, chefe da Alfa Romeo, comentou sobre a situação de Schumacher, e assumiu, mesmo que indiretamente, que esperava que a Ferrari colocasse o alemão em sua equipe.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

FIA aprova calendário da F1 para 2021 com recorde de 23 etapas

Mick Schumacher já guiou uma Haas em teste em Abu Dhabi (Foto: Haas)

“Aí eu fico sem resposta”, disse Vasseur, quando questionado sobre o filho de Michael não ter se tornado piloto de seu time na próxima temporada. “Talvez fizesse mais sentido para a Ferrari levar Mick para a Haas e manter [Antonio] Giovinazzi conosco. Por estabilidade na equipe”, seguiu.

De fato, a Alfa Romeo anunciou a continuidade da dupla formada por Giovinazzi e Kimi Räikkönen muito antes do anúncio de Schumacher nos rivais: em 30 de outubro.

Antonio Giovinazzi segue na F1 em 2021 (Foto: Alfa Romeo)

A Haas não escondeu que a presença de Schumacher em 2021 foi uma ordem da Ferrari, que segue como parceira dos dois times. Vasseur, por sua vez, resumiu a escolha novamente em poucas palavras: “Às vezes, há coisas estranhas na vida”. Giovinazzi, tal como Mick, é da academia de pilotos ferrarista.

A Alfa Romeo tem contrato com os italianos até o fim da próxima temporada. Depois, “precisa ver se segue”, comentou Vasseur. “Por causa dos carros novos, o novo contrato precisa ser de 2022 a 2026.”

“É como um casamento. Você não tem como garantir que vai ficar para sempre com a mesma pessoa. Sempre é necessários considerar os altos e baixos. Precisamos nos perguntar: qual o melhor negócio? Até aqui, a Ferrari foi uma parceira sólida”, concluiu o dirigente.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube