Chefe da Ferrari faz elogios e diz que “campeão fantástico” Vettel trouxe entusiasmo e estabilidade

Maurizio Arrivabene, chefe da Ferrari, foi só elogios a Sebastian Vettel depois do segundo lugar do alemão no GP da Itália. O dirigente afirmou que o tetracampeão não trouxe somente resultados competitivos à equipe italiana, mas também é responsável pelo bom ambiente que há nos boxes ferraristas atualmente

A contratação de Sebastian Vettel pela Ferrari não gerou resultados competitivos só na pista. O alemão também ajudou a acalmar nos bastidores a mais tradicional equipe do grid da F1. A opinião é do chefe da esquadra italiana, Maurizio Arrivabene.
 
Desde que chegou a Maranello, o tetracampeão conseguiu vencer em duas oportunidades — Malásia e Hungria — e foi um dos principais responsáveis por colocar o time vermelho na segunda colocação no Mundial de Construtores. No último fim de semana, em Monza, casa ferrarista, Vettel ainda foi ao pódio com o segundo lugar no GP da Itália.
Papo entre Maurizio Arrivabene, Sebastian Vettel e Kimi Räikkönen em Monza (Foto: AP)
Porém, Arrivabene revelou que não ficou feliz só com o desempenho de Seb nas pistas, mas também com a forma como ele se comporta dentro da garagem. De acordo com o dirigente, o papel de Vettel tem sido vital para o bom ambiente dentro da escuderia italiana na temporada 2015.
 
"A equipe está indo muito bem", disse o italiano. "Vettel trouxe entusiasmo para o time. Muitas vezes, ele nos ajudou a ver que estamos indo no caminho correto juntos e, mais importante, ele está cooperando muito bem com o seu companheiro de equipe", completou o chefe ferrarista.
 
"Esta é a razão pela qual — também quando expliquei a renovação com Kimi Räikkönen — nós estamos priorizando esse momento e proporcionando estabilidade. Seb é um campeão fantástico, mas também é uma pessoa que está ajudando a estabilizar a equipe juntamente com Kimi. Ele está ajudando muito todos nós", acrescentou Maurizio.
 
"Vocês viram após a corrida. Você olha para Seb e ele está sempre sorrindo, e isso é muito positivo. Por isso, eu tenho de ser até um pouco mais flexível quando tenho de reclamar", emendou o italiano.
 
Evidentemente o dirigente foi questionado sobre comparações com Fernando Alonso, mas se recusou a fazê-las. "Com certeza, não quero falar sobre Fernando. Eu o conheci quando não tinha esse trabalho e temos um ótimo relacionamento. Não quero mesmo falar sobre ele. Eu somente vou falar sobre os meus pilotos e estou perfeitamente bem com eles", finalizou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube