Chefe da Force India exalta Hülkenberg e diz que vitória em Le Mans “mostra a qualidade dos pilotos da F1”

O incrível triunfo de Nico Hülkenberg nas 24 Horas de Le Mans deste ano reflete não apenas seu talento como piloto, mas também a qualidade do grid da categoria. É a opinião de Bob Fernley, que garantiu: “Jamais questionamos seu talento”

Dono de um talento inegável e exibido na F1 desde seu ano de estreia, em 2010, Nico Hülkenberg começou o ano desiludido pela falta de resultados e competitividade da Force India, chegando ao ponto de dizer que atravessava a pior fase da carreira. Mas nada como um dia após o outro. O alemão se reencontrou com a vitória, mas não na F1 e sim nas 24 Horas de Le Mans. Em sua estreia na maior prova de endurance do mundo, Hülkenberg levou a Porsche a um triunfo histórico ao lado de Earl Bamber e Nick Tandy.

A conquista histórica de Hülkenberg em Le Mans reflete não apenas seu talento inquestionável, mas também a qualidade dos pilotos da F1. É o que diz Bob Fernley, chefe de equipe da Force India, que não escondeu o orgulho pela vitória do alemão em Le Mans.

A Force India, aliás, jamais se opôs à participação de Nico nas 24 Horas de Le Mans. Ao contrário, o apoiou em todas as ações. Diferente, por exemplo, da Honda, que vetou a presença de Fernando Alonso, que havia sido escolhido pela Porsche como parceiro de Hülkenberg em Sarthe neste ano.

Triunfo de Nico Hülkenberg em Le Mans mostra a qualidade dos pilotos da F1, diz chefe da Force India (Foto: Porsche)

“Isso mostra a qualidade dos pilotos da F1, que um deles pode chegar em Le Mans e ser uma das estrelas do show”, declarou Fernley em entrevista ao site da revista britânica ‘Autosport’.

Na visão do dirigente britânico, a conquista obtida em Le Mans resgata a confiança de Hülkenberg e o devolve ao patamar de piloto top. “Do ponto de vista do Nico, a vitória em Le Mans o colocou de volta ao lugar onde ele deve estar. Isso lhe deu a confiança em si mesmo novamente, o que é muito importante”, destacou.

“Nós jamais, por um minuto sequer, questionamos seu talento. Mas todos os pilotos, se eles enfrentam dificuldades, então começam a ser questionados. Le Mans foi um marco para ele, então ele está fora [dos questionamentos] e competindo novamente”, acrescentou o britânico.

Depois de um começo difícil de temporada, a Force India vem tirado proveito da potência do motor Mercedes e da boa dupla formada por Hülkenberg e Sergio Pérez para somar bons pontos mesmo com um carro defasado em relação aos rivais. Mas no GP da Inglaterra, a escuderia estreia a especificação B do VJM08 e espera manter não apenas a quinta colocação no Mundial de Construtores, mas oferecer ao vencedor das 24 Horas de Le Mans um carro à altura do seu talento.

“Espero que possamos dar a ele um carro em Silverstone capaz de mostrar novamente seu talento, uma vez que eu acho que a combinação pode ser muito forte”, concluiu.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube