F1

Chefe da Haas revela que recebeu dica sobre Magnussen de Montoya: “Disse que era muito bom”

Kevin Magnussen contou com uma importante ajuda para entrar na Haas. Günther Steiner revelou que foi Juan Pablo Montoya quem deu a dica sobre o dinamarquês, afirmando que era um bom piloto
Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
Kevin Magnussen contou com uma bela ajuda para ingressar na Haas. Günther Steiner, chefe da equipe, revelou que foi Juan Pablo Montoya quem deu a letra para ir conversar com o dinamarquês.
 
Magnussen entrou na equipe norte-americana em 2017, depois de passagens bastante discretas pela McLaren e Renault. Talvez por isso o dirigente reconheceu que não conhecia o piloto antes do comentário do colombiano.
Kevin Magnussen (Foto: AFP)
“Kevin é amigo de Juan Pablo. Um dia, quando Montoya e eu estávamos no México, ele me perguntou ‘você já observou Magnussen? Ele é muito bom’”, contou em entrevista ao jornal ‘BT’.
 
“Eu conhecia seu pai [Jan], mas quando conheci Kevin, me perguntou onde havia ouvido falar dele e me contou que realmente não conhecia Montoya”, completou rindo.
 
A temporada 2018 foi a melhor de Magnussen na Fórmula 1. Somando 56 pontos, encerrou a classificação na nona colocação. Enquanto isso, Romain Grosjean, seu companheiro, fechou o ano apenas em 14º com 19 tentos a menos.