Chefe da Haas se diz “cuidadosamente otimista”, mas garante que motor Ferrari é “tão competitivo quanto o da Mercedes”

Chefe da Haas, Guenther Steiner afirmou que a Ferrari tem um motor tão competitivo quanto a Mercedes, talvez até mais. Dirigente se disse cuidadosamente otimista em relação à performance do time em 2017

 
Chefe da Haas, Guenther Steiner acredita que o motor Ferrari pode ser melhor do que o Mercedes. No GP da Austrália, primeira prova da temporada, Sebastian Vettel bateu Lewis Hamilton na estratégia e faturou sua primeira vitória desde 2015.
 
Cliente da Ferrari, a Haas conseguiu sua melhor performance em classificação em Melbourne, com o sexto posto de Romain Grosjean. Assim, Steiner saiu da prova australiana convicto de que o motor Mercedes não tem mais tanta vantagem em relação aos rivais.
Chefe da Haas, Guenther Steiner vê Ferrari com motor tão bom quanto o Mercedes (Foto: Getty Images)

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 3
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

“Com o motor, não tem apenas uma área que é melhor, o pacote todo melhorou em relação ao ano passado”, avaliou Steiner. “Ele agora é tão competitivo quanto o motor Mercedes, talvez melhor”, continuou.
 
“A Ferrari venceu na Austrália, mas todos estão desenvolvendo e tentando melhorar”, comentou. “Sempre vai ser uma corrida de desenvolvimento. Eles deram um bom passo, e, sem essa ajuda da Ferrari, não estaríamos onde estamos”, comentou.
 
Apesar de a escuderia norte-americana não ter tirado proveito de sua boa posição de partida, já que Grosjean abandonou o GP da Austrália por conta de um vazamento de água, Steiner não vê motivo para pânico.
 
“Se você tem velocidade, pode conseguir confiabilidade. Não é bom não ter isso no início, mas não ter velocidade seria muito mais difícil de resolver do que confiabilidade”, ponderou. “Nós estamos cuidadosamente otimistas. Nós ainda precisamos provar que a nossa performance não foi única”, falou Steiner.
 
“É muito apertado no pelotão intermediário. Em um bom dia, você pode estar no topo, mas, em um dia ruim, você pode estar atrás. Os outros times do pelotão intermediário mostraram que isso pode acontecer”, comentou. “Acho que nós surpreendemos com a nossa performance, especialmente com Romain se classificando em sexto com a volta dele, que foi quatro décimos mais rápida do que a de [Felipe] Massa. Isso foi muito bom”, completou.
 
DEBATE QUENTE SOBRE AS ESTREIAS DE F1 E MOTOGP. ASSISTA

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube