Chefe da McLaren agradece Hamilton, mas diz que lutar pelo título “não é realista”

Para Andreas Seidl, é bacana que Lewis Hamilton elogie a equipe na qual surgiu, mas a verdade é que título é um pouco demais para a McLaren no momento

Na última semana, declaração de Lewis Hamilton de que a McLaren poderia se tornar a terceira equipe na briga pelo título da Fórmula 1 já na próxima temporada chamou a atenção dos fãs da categoria – e, claro, chegou à garagem do time laranja.

Por lá, foi o chefe da equipe, Andreas Seidl, que resolveu comentar o que disse o heptacampeão do mundo. E ele agradeceu Hamilton, mas tentou trazer seus comandados e sua torcida, caso tenham se empolgado, de volta à realidade.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Andreas Seidl, chefe de equipe da McLaren (Foto: McLaren)

Ouça os programas do GRANDE PRÊMIO no formato de podcast:
Anchor | Apple | Spotify | Google | Pocket Cast | Radio Public | Breaker

Para Hamilton, a questão é que a utilização do motor Mercedes pela McLaren, algo que volta a ocorrer em 2021, poderia consolidar a evolução da equipe a ponto de chegar à disputa pelo título. Para Seidl, não é bem assim.

“Claro que é legal que Lewis, que começou aqui e se tornou campeão conosco, tenha tanto respeito pela equipe e mantém um olho em nós e no progresso que estamos construindo”, disse ele ao jornal espanhol Marca.

“Mas, como já disse anteriormente, temos um objetivo claro e realista sobre nossa posição como equipe”, seguiu o dirigente.

Além do motor Mercedes, de volta após histórica parceria entre 1995 e 2014, a McLaren também vai ter Daniel Ricciardo como novidade, formando a dupla com Lando Norris.

“Há uma equipe oficial da Mercedes na F1 e somos uma equipe cliente deles, mas estou extremamente feliz com como as coisas estão andando até aqui. Está indo tudo muito bem e provavelmente estaremos em boa forma no começo da temporada. Vimos muita coisa já sobre a integração com o motor Mercedes e estamos felizes”, concluiu Seidl.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube