Chefe da McLaren diz que regulamento estável criou briga “muito apertada” na F1 em 2021

A McLaren acredita que ainda terá brigas muito apertadas com rivais diretas em 2021, no mesmo estilo do que já foi visto em 2020. O chefe Andreas Seidl se vê pronto e não se assusta

Como foi o terceiro e último da F1 em Sakhir (Vídeo: GRANDE PRÊMIO)

O ano mudou, mas os carros da Fórmula 1 seguem praticamente iguais – as mudanças profundas previstas para 2022 levaram a um 2021 de regulamento estável. E isso parece ter uma consequência importante na briga entre equipes, com a McLaren esperando uma competição no mínimo tão parelha quanto a vista em 2020.

Quem diz isso é Andreas Seidl, chefe da McLaren. A argumentação do dirigente é que a briga dos alaranjados com rivais como Aston Martin e Alpine, antigas Racing Point e Renault, parece inevitável. Na ocasião, o terceiro lugar no Mundial de Construtores foi possível. E o esforço da escuderia de Woking na pré-temporada deixou o mandatário confiante.

“A equipe, tanto a presente aqui no Bahrein quanto a lá na fábrica, fez um trabalho excelente ao lado dos nossos colegas da Mercedes ao desenvolver um carro confiável, o que é crucial para ter um teste produtivo”, disse Seidl. “Nós voltamos agora para Woking precisando analisar todos os dados e fazer as preparações finais antes de retornar ao Bahrein para o começo da temporada”, seguiu.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

A McLaren espera brigas apertadas em 2021 (Foto: McLaren)

“Uma vez mais, a disputa entre as equipes parece muito apertada. A estabilidade do regulamento torna provável que tenhamos outra temporada apertada na Fórmula 1, com muitas disputas pela frente”, destacou.

A McLaren fez um trabalho honesto no Bahrein em termos de tempos de volta. Daniel Ricciardo foi o sétimo mais rápido no agregado dos três dias, enquanto Lando Norris foi 14°. Um dado mais preocupante é da quilometragem, já que os alaranjados ficaram só em oitavo na lista de equipes com mais voltas. Nada que preocupe Seidl, entretanto.

“Foi uma pré-temporada produtiva para nós. O número reduzido de dias disponíveis significou a necessidade de maximizar nosso tempo de pista, mas estamos satisfeitos com o trabalho que fizemos. As condições de pista foram um pouco diferentes das de costume, mas completamos nosso cronograma ao longo do fim de semana”, encerrou.

Passada a pré-temporada, a McLaren volta as atenções para o GP do Bahrein. A corrida abre a temporada 2021 em 28 de março.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube