Chefe da McLaren foca em diminuir diferença para os líderes e diz que título segue sendo meta de 2012

Martin Whitmarsh, chefe da McLaren, comemorou as duas semanas disponíveis para a preparação para o GP da Bélgica e destacou que a meta é reduzir a vantagem dos lideres. Dirigente afirmou que títulos seguem sendo a meta de 2012

Martin Whitmarsh, chefe da McLaren, afirmou que o time segue na briga pelos mundiais de Pilotos e Construtores. O dirigente comemorou o período disponível para a preparação do time de Woking para o GP da Bélgica e afirmou que a meta é reduzir a vantagem dos líderes.

O time prateado tem 53 pontos a menos que a Red Bull na disputa entre as equipes. Já no Mundial de Pilotos, Lewis Hamilton ocupa do quarto lugar, 47 pontos atrás de Fernando Alonso, o líder. Jenson Button tem 88 pontos de atraso e aparece em sétimo na tabela.
 

Whitmarsh garantiu que McLaren segue viva na disputa pelo título de 2012 (Foto: McLaren)


“Depois do fechamento obrigatório da fábrica, tivemos sorte de termos duas semanas inteiras para nos prepararmos para o GP da Bélgica”, disse Whitmarsh. “Como sempre, estamos indo para a corrida cheios de esperança de diminuir a diferença para os líderes nos campeonatos de construtores e de pilotos”, continuou.

Ainda, Whitmarsh afirmou que a vitória de Hamilton na Hungria ainda serve como motivação para a McLaren, que busca melhorar seu desempenho após algumas corridas difíceis na primeira metade da temporada de 2012 da F1.

“A vitória de Lewis na Hungria certamente nos deu mais provas de que nós podemos lutar pelos dois”, ponderou. “E essa segue sendo a nossa meta: vencer os dois Mundiais”, concluiu.

O Grande Prêmio cobre 'in loco' neste fim de semana a 12ª etapa do Mundial de F1, o GP da Bélgica, direto de Spa-Francorchamps, com Evelyn Guimarães.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube